BRASILEIRÃO Ceará

Kelvyn avalia o Ceará no Brasileirão: “Estamos em um momento de evolução”

(Foto: Israel Simonton / Ceará SC)

O jogador do alvinegro também falou sobre a confiança que Guto Ferreira dá em seu trabalho.

Na semana de preparação para a oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o lateral esquerdo do Ceará, Kelvyn, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira, 29. Na ocasião, o jogador falou sobre a sequência de quatro jogos sem perder; os elogios de Guto Ferreira e o que aprendeu em seu primeiro ano como profissional.

Quatro jogos sem perder

Com o empate contra o São Paulo, a equipe do Ceará chegou aos quatro jogos sem perder, porém, dessas partidas, foram três empates e uma vitória. Nesse sentido, Kelvyn diz que a equipe está em um momento de evolução e fala em falta de capricho para não ganhar algumas das partidas.

Nós estamos em um momento de evolução, três jogos sem perder. Temos treinado muito forte, concentrado naquilo que é para fazer e procurando errar o mínimo possível para poder sair com os resultados bons. Enfrentamos grandes equipes, conseguimos grandes resultados e, por capricho, não ganhamos algumas, mas temos que seguir trabalhando e continuar nessa pegada para continuar subindo na tabela”.

Elogios de Guto Ferreira

O treinador do Ceará, Guto Ferreira, colocou Kelvyn no segundo tempo da última partida, contra o São Paulo e, além disso, tem elogiado o jogador em diversas oportunidades. Para o lateral esquerdo, essas demonstrações representam a confiança que o comandante tem nele.

Isso representa muitas coisas e uma delas é a minha confiança, pois ele confiando em mim eu tenho tranquilidade para impor meu jogo, tomar minhas decisões dentro de campo e isso me facilita bastante”.

O que aprendeu como profissional?

No ano de 2021, Kelvyn iniciou sua trajetória como jogador profissional pelo Ceará e, também, jogou na elite do futebol nacional em algumas oportunidades. Dessa situação, ele diz que levou de aprendizado a ter maior competitividade.

“O que eu posso tirar mais de proveito é que é uma competição de alto nível, a dinâmica e a intensidade são muito elevadas. Isso faz com que eu tenha que trabalhar forte todo dia, pois é uma competição que não tem equipe fraca. O que eu posso tirar de aprendizado é muita competitividade, porque dificilmente desistem da jogada e isso é um ponto que na base talvez eu não tinha”.

Deixe uma resposta