Fortaleza

Vojvoda analisa primeiro revés no comando tricolor: “Derrota justa”

Foto: Reprodução/TV Leão

Treinador do Leão concedeu entrevista coletiva após a derrota para o Flamengo

O treinador Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza, concedeu entrevista coletiva à imprensa após a derrota por 2×1 para o Flamengo nesta última quarta-feira, 23, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe tricolor chegou a sua primeira derrota sob o comando do técnico argentino, que falou sobre o jogo, os motivos do resultado negativo, a melhora no segundo tempo, as próximas partidas e até sobre reforços.

Anúncios

Análise do jogo

Sobre uma visão geral da partida, Vojvoda falou:

“O primeiro tempo, um Flamengo que dominou a possessão da bola, muita posse de bola, criou situações de gol. O Fortaleza não encontrava caminhos para resolver essa situação. Só vimos uma situação de gol, com Pikachu. No segundo tempo, Fortaleza foi diferente do primeiro, foi mais intenso. Buscou um gol no primeiro minuto e conseguiu. Flamengo tem uma equipe qualificada e que deixa poucos espaços, mas conseguimos jogar de igual para igual até o último minuto, isso é importante para nossa equipe”, analisou o treinador argentino.

Postura no segundo tempo

Após primeiro tempo à baixo, o Fortaleza melhorou no segundo tempo, marcando um gol logo aos 12 segundos. Vojvoda respondeu sobre a mudança de postura do time:

“Eu acredito que o primeiro tempo foi uma partida muito ruim, nós não soubemos sustentar nosso jogo. No segundo tempo se viu um time como Fortaleza, como estamos acostumados, um time intenso, time agressivo, que quis empatar a partida. É seguir trabalhando”, falou o técnico tricolor.

Pressão do Flamengo

Perguntado sobre os erros defensivos cometido no segundo tempo devido à forte marcação alta do Flamengo, o comandante do Leão respondeu:

“No primeiro tempo nós erramos muito passes na zona de início (defesa). Nossa intensidade não foi boa. Se nós não tivermos intensidade, seremos uma equipe regular, normal. Nós, com intensidade, dinâmica, somos uma equipe competitiva”.

Motivos da derrota

O técnico argentino foi questionado sobre os motivos da derrota tricolor, mesmo com um segundo tempo melhor.

“Uma derrota justa. No primeiro tempo o Flamengo foi melhor que o Fortaleza. No segundo tempo tentamos reverter a situação. Mas estou aflito pelo primeiro tempo, nós não soubemos jogar os primeiros 45 minutos, eu sou o responsável por isso”, expressou Vojvoda.

Chegada de reforço

Indagado sobre a possível chegada do atacante argentino Valentín Depietri, Vojvoda foi breve e falou sobre o atleta:

“É um jogador que o centro de inteligência está observando. É um jogador interessante. Esperamos que tudo possa ir por um bom caminho, estão em negociações avançadas, é isto que posso comentar neste momento”.

Mudança tática ou comportamental?

O comandante do Leão respondeu se a principal mudança para a segunda etapa de partida foi tática ou de comportamento dos jogadores:

“Comportamento. Eu creio que o comportamento intervém muito no futebol. Taticamente se deu com Ronald e Ederson bem posicionados como uma dupla de volantes e Romarinho como segundo atacante podemos ter um melhor funcionamento”, explicou o treinador do Fortaleza.

Pontos a melhorar

Finalizando, Vojvoda falou sobre os aspectos a melhorar para a partida de sábado, 20, contra o Grêmio:

“Eu acho que o funcionamento de time no segundo tempo de hoje e segundo tempo contra o Fluminense foram bons. Temos que conseguir fortalecendo no segundo tempo e corrigindo os fatores que não estamos bem, por exemplo o primeiro tempo de hoje”, finalizou o comandante argentino.

Para assistir a coletiva inteira, confira na TV Leão no YouTube:

Anúncios

Deixe uma resposta