BRASILEIRÃO CAMPEONATO BRASILEIRO Fortaleza Série A Sem categoria

Matheus Vargas torce por lei do ex: ‘Quem sabe quinta-feira não seja o meu momento’

(Foto: reprodução/TV Leão)

Além disso, o Meia destacou sua passagem pelo Atlético-Go e citou o que espera da partida válida pela 4° rodada do Brasileirão 2021

Na tarde desta quarta-feira, 16, o meio-campista Matheus Vargas concedeu entrevista coletiva. O atleta relatou o que espera da partida contra o Atlético Goianiense, que ocorre nesta quinta-feira às 19h, pelo Campeonato brasileiro 2021. Jogador também mencionou sua passagem pelo clube adversário, ainda na temporada passada, e falou da atual sequência positiva do Fortaleza.

Desempenhos parecidos?

Pensando no duelo contra o Atlético Goianiense, Matheus Vargas fez questão de apontar que o Tricolor estudou os pontos fortes e frágeis da equipe goiana:

“O primeiro ponto que temos que cuidar é a transição ofensiva da equipe do atlético, o professor Vojvoda já vem conversando sobre alguns pontos principais da equipe do atlético, mas isso vai ser estratégia nossa, a gente não pode passar para fora. Mas já sabemos os pontos fortes e os pontos fracos. Então a gente vai trabalhar em cima da estratégia que o professor Vojvoda está preparando para a partida.”

Velho conhecido

O meia teve passagem, por empréstimo, pelo Dragão na temporada passada. Por isso, Vargas acaba conhecendo muitos nomes entre os titulares e suplentes do adversário. Quando perguntado o que podemos esperar do jogo, o atleta respondeu o seguinte:

“Eu conheço bem o atletico, tem jogadores que permaneceram no elenco, que estavam comigo no elenco, ano passado. Acredito que vai ser um jogo muito intenso, porque a intensidade de jogo deles é alta, tanto quanto a nossa.

Outrora, quando perguntado se seus conhecimentos poderiam ajudar na partida, o jogador respondeu desta forma:

“Com certeza pode ajudar, conheço os jogadores que vem atuando, que atuaram comigo ano passado, acredito que se o Vojvoda precisar de alguma informação vou ajudar com certeza”.

Gol contra o ex-clube

Nesta quinta-feira (17), Matheus Vargas reencontrará o Atlético Goianiense, clube que defendeu na última temporada. O meia torce para botar a “Lei do ex” em prática:

“Toda rodada tem uma “lei do ex”, quem sabe quintafeira não seja o meu momento. Sairía muito feliz de Goiânia com um gol meu, de volta para Fortaleza”

Queda de rendimento?

Próximo ao fim da coletiva, o atleta foi indagado sobre o seu desempenho e desgaste nas últimas partidas. Para alguns torcedores, o meia tem pecado um pouco no passe final e teve uma atuação abaixo do padrão nas duas últimas partidas, que poderia ser explicado pela sequência pesada de jogos do tricolor. Matheus Vargas respondeu da seguinte maneira:

” Acredito que sim, que posso melhorar nesse último passe, estou tendo algumas dificuldades “alí ou outra” para encontrar meus companheiros em campo, mas estou trabalho para melhorar cada dia, e acredito que um pouco da queda de rendimento sejam por conta do desgaste. Foram cinco ou seis jogos em sequência e contribuiu para o desgaste, com certeza.”

Como controlar a euforia da liderança?

Diante do excelente momento do Fortaleza no Campeonato Brasileiro, Matheus Vargas reconhece que as pessoas vão começar a estudar mais o tricolor. Dessa forma, o meia destaca a importância de manter a humildade para alcançar os objetivos na temporada:

“A gente está com os pés no chão, o professor sempre vem pedindo para a gente ter humildade. Porque à partir do momento que você começa a se destacar, as pessoas começam a olhar de uma forma diferente e analisar como joga o Fortaleza. Então, com os pés no chão e trabalhando muito a gente vai chegar a conquistar os nosso objetivos que são grandiosos nesta temporada.

Deixe uma resposta