COPA DO BRASIL Entrevistas Fortaleza

Nas vésperas do Clássico-Rei, Lucas Crispim fala sobre postura do Fortaleza: “Pode esperar uma equipe muito aguerrida”

(Foto: Divulgação/ TV Leão)

Meia tricolor concedeu entrevista coletiva nesta quinta (9).

Na tarde desta quinta-feira (9), o meia do Fortaleza Lucas Crispim concedeu entrevista coletiva, nas vésperas do clássico-rei válido pelo segundo jogo da terceira fase da Copa do Brasil. Lucas Crispim falou sobre a preparação do tricolor para o clássico, sua versatilidade dentro de campo, a boa fase do clube nas bolas paradas e até sobre um possível encontro com seu amigo Neymar.

Anúncios

O que esperar do time no clássico

Lucas Crispim comentou como está a preparação do Fortaleza visando o clássico pela Copa do Brasil.

“Preparação está muito boa, muito intensa como nos últimos jogos, o torcedor pode esperar uma equipe muito aguerrida, muito vibrante, tentando desde o começo a vitória, sabemos que é um jogo difícil, que tem suas devidas precauções mas estaremos muito ligados para não sermos surpreendidos.”

Sobre atuar como Ala

Perguntado sobre como vem sendo atuar como Ala, Lucas Crispim respondeu de uma maneira bem humorada e falou que gosta é de jogar.

“Nunca havia atuado nesta posição mas me adaptei muito bem, muito rápido, como já havia dito em outras coletivas quando me perguntaram a posição que eu gosto de jogar eu venho dizendo que é dentro de campo, estando dentre os 11, que é o que todo jogador precisa, precisa de minutagem, sequência e consequentemente vem a confiança e o jogo vai fluindo melhor.”

Como jogar de Ala influenciou no desempenho

Lucas Crispim falou sobre atuar na Ala e como seu estilo de jogo ajudou a mudar de posição e manter um ótimo nível.

“O jogador atual ele tem que ser versátil, como sempre digo, gosto de jogar de meia, atacante, volante, então poder ter esse recurso para atuar em diversas posições é muito bom, principalmente hoje pois o futebol está bastante dinâmico,  é preciso estar bem em todas as posições, meu crescimento é visível, fico muito feliz com a oportunidade que o professor me deu,a confiança que ele passa, não só pra mim como para todo o elenco e isso tem sido demonstrado dentro de campo com resultados positivos.”

Anúncios

Ao que se deve o bom momento

Sobre viver uma ótima fase na nova posição, Lucas Crispim dá os méritos ao treinador que segundo ele passou toda confiança para o jogador.

“Ao técnico e a confiança que ele passa, não só para mim como para todo o elenco, ele sempre dá a mesma importância e confiança, e o que ele pede para termos muita intensidade, querer ter a bola, querer sempre ganhar, acabamos de ganhar de 5 do inter e já é página virada, ele quer mais, para ele nunca tá bom e isso é um ponto positivo pois não podemos acomodar, já temos um jogo importante na quinta para seguirmos nessa sequência vitoriosa, uma sequência de alegrias quanto para nós quanto para os torcedores.”

Neymar

Bastante amigo do camisa 10 da seleção brasileira, Lucas Crispim confirmou que o meia do PSG receberá uma camisa do Fortaleza e brincou sobre a entrega.

“Vai sim, inclusive ele me pediu e eu estou devendo, mas ele vai ganhar sim uma camisa, quero entregar para ele, podia muito bem mandar mas quero entregar pessoalmente, combinamos de se encontrar e quando der entregarei uma camisa a ele.”

Anúncios

Bola parada

Influente em dois dos cinco gols do Fortaleza diante do Internacional, Lucas Crispim comentou sobre a bola parada do Fortaleza e comentou sobre uma possível disputa de pênaltis nesta quinta. 

“Claro, nós sabemos da dificuldade que é, sabemos do regulamento da Copa do Brasil, a gente vem treinando bastante, não só pênalti como também bola parada, não só agora mas desde antes nós vínhamos treinando, o Gastón (auxiliar do Vojvoda) dá muita ênfase nisso pois sabe que hoje decide muito jogo, inclusive nos nossos últimos jogos e que continue assim, mas que a gente busque evoluir cada vez mais e estamos treinando bastante para que dê certo.”

Deixe uma resposta