Ceará COPA DO BRASIL

Bruno Pacheco destaca Clássico-Rei decisivo da Copa do Brasil: “O jogo mais importante do ano”

(Foto: Reprodução/Vozão TV)

Além disso, ele falou sobre o retrospecto da rivalidade na atual temporada.

Na semana de preparação para o Clássico-Rei decisivo na Copa do Brasil, o lateral esquerdo do Ceará, Bruno Pacheco, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira, 08. Na ocasião, o jogador falou sobre essa partida; respondeu se não ter vencido o Fortaleza na temporada o incomodava e disse que um a mais de descanso pode fazer diferença para os jogadores.

Decisão na Copa do Brasil

Na próxima quarta-feira, dia 10, Ceará e Fortaleza irão duelar pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Sobre essa decisão, Bruno Pacheco diz que vai ser o jogo mais importante do ano para a equipe Alvinegra.

Vai ser o jogo mais importante para a gente do ano. Sempre digo que o próximo jogo sempre é o mais importante, mas temos uma decisão que vai ser muito importante a gente se classificar para a nossa torcida, para nosso clube e questão financeira também vai ser ótimo. Se trata de um clássico, clássico a gente tem que ganhar, tem que buscar a vitória. Esse ano tivemos experiência em decisões que serviram de aprendizado para a gente, agora temos mais uma oportunidade de conseguir uma classificação”.

Clássico-Rei na temporada

Na temporada 2021, Ceará e Fortaleza já jogaram 4 Clássicos-Rei, com uma vitória para o Tricolor e três partidas empatadas. Para o lateral, a próxima partida é uma nova oportunidade em “igualar” esse duelo, porém, destaca que o foco da equipe é a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.

“É sempre importante a gente vencer jogos, ainda mais clássicos. Sabemos da importância do clássico para o clube, para a cidade e para o torcedor. É claro, quando as vitórias nos clássicos não vem, nos sentimos bastante incomodados. Temos uma nova oportunidade em igualar (nos confrontos), mas não pensando somente nisso, mas sim pela classificação que vai ser muito importante para a equipe”.

Deixe uma resposta