BRASILEIRÃO CAMPEONATO BRASILEIRO Ceará COPA DO BRASIL FCF Fortaleza Série A

Léo Simão, árbitro cearense, estreia no Brasileirão

(Foto: Christian Alekson/cearasc.com)

Simão estará no próximo Clássico-Rei, na quinta-feira (10), pela Copa do Brasil

Fazendo parte da nova geral de árbitros do futebol cearense, Léo Simão Holanda, ou só Léo Simão, de 31 anos, atuou na noite deste domingo (05), como árbitro principal no Brasileirão, pela primeira vez em sua carreira. Foi na vitória do Palmeiras, por 3×1, sobre a Chapecoense, no Allianz Parque. Nailton Junior de Sousa Oliveira e Cleberson do Nascimento Leite, também cearenses, fecharam o trio principal.

A condução do jogo foi de certa forma, tranquila, tendo apenas um lance mais difícil: o segundo gol do time paulista, marcado por Luiz Adriano. O camisa 10 do Palmeiras estava em posição irregular e Léo foi chamado para ver o lance no VAR.

Ao rever a jogada, foi detectado toque do atacante Anselmo Ramón, da Chape, o que validava o gol. Com isso, Simão validou o gol. A única ressalva, foi a demora na avaliação do lance, onde o veredito saiu após seis minutos. Tempo esse, considerado alto.

Atuação Elogiada

O site Tribuna do Apito, especializado em análises sobre arbitragem, comentou a atuação do cearense, da seguinte forma:

”Com uma vasta experiência nos gramados, acostumado apitar em seu estado jogos importantes, sua acertada designação comprovou que no Nordeste há árbitros de qualidade capazes de conduzir qualquer jogo. Com um desempenho físico exuberante, o uniforme de cor amarela algoz de muitos árbitros, revelou sua silhueta “padrão FIFA”, perfil que evidencia o seu preparo diário. Na parte técnica, soube aplicar as sansões disciplinares com autoridade sem ser autoritário. Com o auxílio do VAR, ainda no primeiro tempo, validou corretamente o segundo gol da equipe palmeirense consolidando com excelência, discrição e qualidade a sua estreia na elite do futebol nacional.”

Anúncios

Retrospecto da Carreira

Natural de Fortaleza, Léo já havia participado de jogos da Série A, mas em outras funções, como a de quarto árbitro. Desde 2019, apita como árbitro principal, mas até então, apenas as divisões inferiores, B, C e D, além do sub-20 e futebol feminino.

Em 2021, já comandou jogos da Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Série D e um dos clássicos, entre Ceará e Fortaleza, disputado na segunda fase do Campeonato Cearense, vencido pelo Leão, por 2×0. Aliás, Léo tem como próximo compromisso, justamente o Clássico-Rei, pelo duelo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, mas como quarto árbitro.

Anúncios

Deixe uma resposta