Ceará COPA DO NORDESTE

Jael, Gabriel Dias e Mendoza são suspensos por briga na final da Copa do Nordeste; Ceará tentará efeito suspensivo

Foto: Reprodução/Dugolt

Vovô teve três jogadores suspensos

A final da Copa do Nordeste disputada entre Ceará e Bahia no dia primeiro de maio continua rendendo. A partida realizada na Arena Castelão e que culminou no título da equipe baiana, teve uma briga generalizada após as disputa de pênaltis. No dia 12, a Procuradoria da Justiça Desportiva de Futebol liberou denúncias contra os dois clubes, além dos jogadores Jael, Gabriel Dias e Stiven Mendoza do alvinegro e Danielzinho, Juninho e Nino Paraíba do tricolor.

Nesta quarta-feira (2) o julgamento foi realizado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJD). Antes, o presidente da entidade, Otávio Noronha, já havia deferido suspensão preventiva por 30 dias ou quatro partidas para os jogadores Mendoza e Nino Paraíba.

E o resultado do julgamento fico pesado para o vovô. Depois de mais de 1 hora de debate, o meia Mendoza teve pena aumentada e os atletas Jael e Gabriel Dias também desfalcarão o alvinegro por um longo período. O Ceará também foi multado em R$ 1,6 mil por atraso na volta do intervalo e em R$ 15 mil por tumulto e não conseguir identificar mais nomes na briga.

Vale ressaltar que a diretoria alvinegra recorrerá das punições e tentará um efeito suspensivo até a próxima sexta-feira (4).

Confira o resultado do julgamento:

Atacante Jael: sete partidas de suspensão

 Gabriel Dias: seis partidas de suspensão

 Mendoza: oito partidas de suspensão (já cumpriu duas)

Anúncios

Deixe uma resposta