CAMPEONATO BRASILEIRO Ferroviário Floresta Série C

Com dois cearenses na disputa, Brasileirão Série C se inicia neste sábado; Confira o Guia da competição

Foto: Divulgação/CBF

A edição 2021 promete ser uma das mais disputadas e curiosas da história do campeonato

O Brasileirão Série C está de volta. No neste sábado (29), o torneio se inicia. A abertura será com os dois representantes cearenses: O Floresta, estreante na competição, enfrentará a Jacuipense/BA, no estádio Domingão, às 15:30, sendo esse, o primeiro jogo da edição. Um pouco mais tarde, às 17 horas, é a vez do Ferroviário, que visita o Botafogo/PB.

A edição 2021 terá situações curiosas e também promete ser uma das melhores do torneio. Confira o Guia da Futebol Cearense do Brasileirão Série C:

Fórmula de Disputa

O formato será totalmente igual ao de 2020, que já vinha sendo utilizado antes, mas foi justamente na edição passada, que ocorreu uma mudança importante, na definição dos promovidos para a Série B, que segue valendo para 2021: O torneio conta com 20 equipes, divididas em dois grupos regionalizados. O 9º e o 10º de cada grupo serão rebaixados para a Série D 2022. Já os quatro melhores, também de cada grupo, avançam para a segunda fase.

A segunda fase define os quatro promovidos. É constituída por dois grupos, com quatro clubes, cada. Os dois melhores conquistam a vaga na Série B 2022. E a final do torneio, será feita pelos campeões desses grupos.

Definição dos Grupos e a Invasão Paulista

Tradicionalmente, o grupo A é formato por clubes do Norte e Nordeste do país. O grupo B recebe os times do Sudeste e Sul. Equipes do Centro-Oeste figuram entre os dois grupos, de acordo com as vagas que sobram em cada um.

Contudo, em 2021, algo curioso acontece. O estado de São Paulo terá 5 representantes na divisão. O restante do Sudeste conta com mais duas equipes, além das 5 agremiações do Sul do país. Pensando no menor desgaste logístico, a organizadora do torneio, Confederação Brasileira de Futebol (CBF), colocou os paulistas no grupo B, como sempre aconteceu, mas retirou clubes que costumavam ficar no mesmo.

Tombense/MG e Volta Redonda/RJ, foram remanejados para o grupo A. Desde o formato atual da primeira fase, utilizado desde 2012, é a primeira aparição de times mineiros ou fluminenses neste grupo. Mas algo semelhante aconteceu recentemente. Na Série C de 2019, a região Nordeste bateu o recorde de participantes, com 10, ao todo, fechando o grupo A. Com 3 representantes, os clubes da região Norte, Paysandu e Remo, do estado do Pará e o Atlético do Acre, foram para o grupo B, excepcionalmente.

Cearense em Dose Dupla

O estado do Ceará volta a ter mais de um representante. Desde de que deixou de ser a última divisão nacional e passou a contar com apenas 20 clubes, a Série C só deixou de ter participantes do nosso estado em 2018. O recorde pertence ao ano de 2012, quando Fortaleza, Icasa e Guarany de Sobral, atuaram naquele ano, tendo caminhos bem distintos, ao fim daquela edição. Utilizando o mesmo recorte temporal, é do Leão, o maior número de edições disputadas, estando presente entre 2010-2017.

A última vez que teve dois clubes, foi em 2015, com Fortaleza e Icasa. Dessa vez, apresentando uma evolução no futebol local, teremos o tradicional Ferroviário, em sua terceira edição consecutiva e o estreante Floresta, também da Capital. Aliás, outro fato curioso, é que pela primeira vez, dois clubes de Fortaleza atuarão na Série C, na Era Moderna, isto é, de 2009 para cá.

Transmissão

O esquema de transmissão será semelhante ao da edição 2020. A plataforma de Streaming DAZN, segue dona dos direitos da competição, tendo todos os jogos do torneio. Além disso, o grupo sublicencia o torneio para outras empresas, como o Grupo Bandeirantes, que pelo terceiro ano seguido, exibirá o torneio, mas com uma novidade: Antes com um jogo por rodada, apenas para o Norte e Nordeste do país, agora, contará com mais um jogo, sendo esse, restrito para o interior de São Paulo.

A novidade fica para a plataforma de Streaming TV NSports, que junto a DAZN, adquiriu o torneio e transmitirá cinco jogos por rodada, na primeira fase.

Raio-X dos Clubes

Grupo A

Integrantes: Altos/PI, Botafogo/PB, Ferroviário/CE, Floresta/CE, Jacuipense/BA, Manaus/AM, Paysandu/PA, Santa Cruz/PE, Tombense/MG e Volta Redonda/RJ

Altos/PI

Recém fundado, o Jacaré traz o Piauí, que estava fora das três principais divisões nacionais há algum tempo. O início de temporada é animador, onde o clube segue fazendo história, como na Copa do Nordeste, onde fez sua melhor campanha ou no Estadual, ganhando mais uma Taça.

Dados Gerais

Ano de fundação: 2013
Cidade: Altos
Estádio Atual: Lindolfo Monteiro (em Teresina)
Mascote: Jacaré
Alcunha: Verdão Altino
Participações na Série C: Estreante

Desempenho Recente

Estadual 2021: Campeão
Brasileirão 2020: Semifinalista (Série D)
Copa do Brasil 2021: Não participa
Copa do Nordeste 2021: Eliminado nas Quartas de finais

Botafogo/PB

Ainda dividido, com o Estadual que segue em disputa, o Belo vem pra fazer diferente de 2020, onde quase caiu e fazer com que essa campanha seja lembrada como um ponto fora da curva. O Alvinegro vinha tendo grandes campanhas, deixando escapar o acesso. Vale lembrar que o Botafogo não joga a Série B desde 1989. Portanto, tenta mais uma vez, quebrar esse tabu de 32 anos. Até aqui, o ano de 2021, a equipe não demonstrou grandes feitos.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1931
Cidade: João Pessoa
Estádio Atual: Almeidão
Mascote: Xerife
Alcunha: Belo
Participações na Série C: 18ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Semifinalista (em andamento)
Brasileirão 2020: Eliminado na primeira fase (8º)
Copa do Brasil 2021: Não participa
Copa do Nordeste 2021: Eliminado na fase de grupos (7º de seu grupo)

Ferroviário/CE

Sob o comando de Francisco Diá, o Ferrão chega com grandes expectativas, sonhando com um acesso. O início de temporada foi animador, com grandes campanhas no Cearense e na Copa do Brasil, mas ficou um sabor amargo na eliminação de ambos os torneios, por conta de erros de arbitragem. O Clube Coral chega melhor do que anos anteriores.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1933
Cidade: Fortaleza
Estádio Atual: Vila Elzir Cabral (Próprio), Domingão (em Horizonte), Arena Castelão
Mascote: Tubarão
Alcunha: Tubarão da Barra
Participações na Série C: 15ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado nas Semifinais
Brasileirão 2020: Eliminado na primeira fase (7º)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na segunda fase
Copa do Nordeste 2021: Não participa

Floresta/CE

O Verdão ainda não entrou em campo na temporada. Até aqui, só match-trainings. Portanto, a qualidade em campo do elenco é um mistério. Mas é possível dizer que a base do time que subiu em 2020 foi mantida. E a preparação para a temporada foi a maior das três primeiras divisões, onde o plantel fez uma pré-temporada de aproximadamente 2 meses. Vale destacar que o clube iniciará uma temporada histórica, já que nunca havia disputado uma divisão nacional acima da Série D.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1954 (profissionalizado em 2015)
Cidade: Fortaleza
Estádio Atual: Domingão (em Horizonte), Arena Castelão
Mascote: Lobo
Alcunha: Verdão da Vila Manuel Sátiro
Participações na Série C: Estreante

Desempenho Recente

Estadual 2021: Aguardando o início (Série B)
Brasileirão 2020: Vice-campeão (Série D)
Copa do Brasil 2021: Não participa
Copa do Nordeste 2021: Não participa

Jacuipense/BA

O Leão Grená fará mais uma temporada de afirmação. Claro que se derem a oportunidade, a Jacuipense irá brigar pelo acesso. Em 2020, o clube iniciou no pelotão do rebaixamento mais terminou sonhando com vaga para a segunda fase. O time baiano não chegou a muito tempo e por isso, busca uma casca, para alçar voos mais altos.

No Estadual, passou perto da classificação para a semifinal e podemos acreditar que o time perdeu uma grande oportunidade. Com a crise no Vitória e o Bahia ”distraído” com Sul-Americana e Copa do Nordeste, o torneio terminou com a primeira final do interior. Por estar na terceira divisão nacional, o poder financeiro do Leão Grená é maior do que as duas equipes que fizeram a final e que jogarão a Série D 2021.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1965
Cidade: Riachão do Jacuípe
Estádio Atual: Pituaçu (em Salvador),
Mascote: Leão
Alcunha: Leão Grená
Participações na Série C: 3ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: 6º
Brasileirão 2020: Eliminado na primeira fase (6º)
Copa do Brasil 2021: Não participa
Copa do Nordeste 2021: Não participa
Copa Verde 2020: Não participa

Manaus/AM

O Gavião do Norte é mais um que traz o seu estado, sendo o único representante nas três primeiras divisões. Em 2020, na sua estreia, o saldo foi positivo. Não correu riscos de rebaixamento e brigou até a última rodada por vaga na segunda fase. Em 2021, voltou a ser campeão Estadual e caiu na Copa do Brasil, para um poderoso Bahia. A expectativa da equipe, assim como a Jacuipense, é criar uma casca, não correr riscos de queda e quem sabe, avançar de fase.

Dados Gerais

Ano de fundação: 2013
Cidade: Manaus
Estádio Atual: Arena da Amazônia
Mascote: Gavião
Alcunha: Gavião do Norte
Participações na Série C: 2ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Campeão
Brasileirão 2020: Eliminado na primeira fase (5º)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na segunda fase
Copa Verde 2020: Semifinalista

Paysandu/PA

O Papão está a 2 anos batendo na trave. Em 2019, com polêmica de arbitragem, o clube caiu da forma mais dolorida possível, para o Náutico. Em 2020, não melhorou muito. No quadrangular do acesso, o Bicolor perdeu os dois jogos para o maior rival, Remo, que acabou se recuperando e subindo.

Em 2021, na Copa do Brasil, o clube acabou sofrendo uma virada em casa para o CRB e caindo na segunda fase. Mas no Estadual, conquistou o torneio em uma virada heroica pra cima da Tuna Luso. A expectativa é da torcida é de, enfim, conquistar o acesso.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1914
Cidade: Belém
Estádio Atual: Curuzu (próprio), Mangueirão (em jogos maiores)
Mascote: Lobo, Bicho Papão
Alcunha: Papão da Curuzu
Participações na Série C: 11ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Campeão
Brasileirão 2020: Eliminado na segunda fase (7° no geral)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na segunda fase
Copa Verde 2020: Eliminado nas Quartas de Finais

Anúncios

Santa Cruz/PE

O Santa parece estar preso na divisão. Irá para a quarta edição seguida. Em 2018, caiu no mata-mata para o Operário. Em 2019, sequer passou de fase. E em 2020, fez grande campanha na primeira fase, passando na liderança do grupo A, com sobras. Mas no quadrangular do acesso, foi o inverso e acabou facilmente ficando fora da disputa.

E 2021 não começa de forma animadora para a torcida Coral. O clube caiu para um dos rivais, Náutico, na Semifinal do Estadual e fez a pior campanha da Copa do Nordeste, com 3 pontos em 8 jogos. Na Copa do Brasil, caiu na segunda fase, para o Cianorte.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1914
Cidade: Recife
Estádio Atual: Arruda (próprio)
Mascote: Cobra Coral
Alcunha: Tricolor de Pernambuco
Participações na Série C: 7ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado na Semifinais
Brasileirão 2020: Eliminado na segunda fase (5º no geral)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na segunda fase
Copa do Nordeste 2021: Eliminado na primeira fase (lanterna no geral)

Tombense/MG

Com boas campanhas nos últimos anos, podemos dizer que a Tombense quer alçar voos mais altos e chegar a Série B e os mineiros já chegaram bem perto. Mas a atual edição impõe uma mudança de grupo e viagens bem mais longas. O clube deve cruzar o país a cada jogo.

Em 2021, foi semifinalista no Mineiro caindo para o poderoso Atlético. Na Copa do Brasil, caiu para o Vasco, na segunda fase. O início de temporada é considerado positivo.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1914
Cidade: Tombos
Estádio Atual: Tombos
Mascote: Gavião-Carcará
Alcunha: Valente de Tombos
Participações na Série C: 7ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado nas Semifinais
Brasileirão 2020: Eliminado na primeira fase (5º)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na segunda fase

Volta Redonda/RJ

O Voltaço já bateu na trave, tanto em uma quase queda, como em um quase acesso. Os últimos anos, tem sido mais próximo do céu. Assim como a Tombense, a edição de 2021 será mais desgastante na parte logística. Na atual temporada, o clube caiu na segunda fase da Copa do Brasil para a Juazeirense, nos pênaltis. Mas foi bem no Carioca, sendo semifinalista, perdendo para o Flamengo.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1976
Cidade: Volta Redonda
Estádio Atual: Raulino de Oliveira
Mascote: Jaguatirica, Operário
Alcunha: Voltaço
Participações na Série C: 14ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado nas Semifinais
Brasileirão 2020: Eliminado na primeira fase (6º)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na segunda fase

Grupo B

Integrantes: Botafogo/SP, Criciúma/SC, Figueirense/SC, Ituano/SP, Mirassol/SP, Novorizontino/SP, Oeste/SP, Paraná/PR, São José/RS, Ypiranga/RS

Botafogo/SP

O Botafogo de Ribeirão Preto retorna a Série C, após uma campanha muito fraca na Série B 2020, que fez o clube cair muito cedo e como vice-lanterna. O clube chega ao torneio, tendo disputado apenas o Estadual e terminando como lanterna de seu grupo. Contudo, a expectativa é de brigar por vagas na próxima fase e lutar por um retorno à Série B.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1918
Cidade: Ribeirão Preto
Estádio Atual: Arena Eurobike (próprio)
Mascote: Pantera
Alcunha: Pantera da Mogiana
Participações na Série C: 7ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado na primeira fase (4º no grupo)
Brasileirão 2020: Rebaixado, 19º (Série B)
Copa do Brasil 2021: Não Participa

Criciúma/SC

O Tigre talvez passe pelo seu pior momento em sua história. Às vésperas do início do nacional, o clube amargou seu primeiro rebaixamento no Estadual. Na edição 2020 da Série C, quase amargou também, seu primeiro rebaixamento da Série C para a D. O momento para o torcedor Aurinegro é delicado. Entretanto, na contramão disso tudo, o clube chegou até a terceira fase da Copa do Brasil, que ainda está em disputa.

Para a Série C, a diretoria resolveu apostar em um ídolo, para o posto de técnico, para mudar esse cenário negativo. Paulo Baier chega ao Tigre, depois da vitoriosa trajetória pelo Próspera.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1947
Cidade: Criciúma
Estádio Atual: Heriberto Hülse
Mascote: Tigre
Alcunha: Tigre
Participações na Série C: 5ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Rebaixado para a Segunda divisão Catarinense (11º)
Brasileirão 2020: Eliminado na primeira fase (8º)
Copa do Brasil 2021: terceira fase (em andamento)

Figueirense/SC

Depois de 22 anos e justamente no seu centenário, o Figuera retorna a Série C. Assim como o rival local Criciúma, o clube vive um momento delicado em sua história. Com grave crise financeira, o Furacão evitou o rebaixamento algumas vezes, na Série B, mas em 2020, não deu mais.

E para aumentar a tensão da torcida, o ano inicia mal. Queda na primeira fase da Copa do Brasil e péssima campanha no Estadual, onde só passou de fase, por causa da punição de 3 pontos sofrida pelo Hercílio Luz, que havia se classificado inicialmente. Destacando que avançavam 8 dos 11 clubes. E na fase seguinte, foi eliminado pela Chapecoense.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1921
Cidade: Florianópolis
Estádio Atual: Orlando Scarpelli
Mascote: Furação
Alcunha: Furacão do Estreito
Participações na Série C: 9ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado nas quartas de finais
Brasileirão 2020: Rebaixado, 17º (Série B)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na primeira fase

Ituano/SP

O Galo tem o técnico mais longevo das quatro divisões nacionais. Vinicius Bergantin está no cargo desde junho de 2017. Isso mostra que o clube paulista acredita em um projeto. Em 2020, a vaga para Série B esteve muito perto, escapando já na última rodada do quadrangular final. A expectativa em 2021, é não bobear e consumar o retorno da segunda divisão, que não vem desde 2007. No Paulistão 2021, campanha ruim, sendo lanterna de seu grupo e chegando a ser ameaçado pelo rebaixamento.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1947
Cidade: Itu
Estádio Atual: Novelli Júnior
Mascote: Galo
Alcunha: Galo Guerreiro
Participações na Série C: 9ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado na primeira fase (4º do grupo)
Brasileirão 2020: Eliminado na segunda fase (8º no geral)
Copa do Brasil 2021: Não Participa

Mirassol/SP

De volta a Série C, o atual campeão da Série D chega com planos ambiciosos. O clube tem grande estrutura e vem com projeto em curso, de constante evolução. A prova disso, foi ter chegado pelo segundo ano seguido, na semifinal do Paulistão. O Leão, apesar de chegar agora, na divisão, sonha alto e é candidato a briga por vaga na segunda fase.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1925
Cidade: Mirassol
Estádio Atual: José Maria de Campos Maia
Mascote: Leão
Alcunha: Leão da Alta Araraquarense
Participações na Série C: 3ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado nas semifinais
Brasileirão 2020: Campeão (Série D)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na primeira fase

Novorizontino/SP

Recém fundado, o Tigre do Vale vem de forma constante, conquistando bons resultados no Paulistão. Curiosamente, foi em 2021 que teve um dos desempenhos mais fracos e não passou de fase. Vale ressaltar, que o grupo tinha um nível bem alto, com Red Bull Bragantino e o atual campeão da América, Palmeiras. Ainda no torneio, veio a disputa do Troféu do Interior, e o time de Novo Horizonte acabou levando a disputa.

O Aurinegro é mais um estreante na divisão, tendo sido semifinalista na Série D 2020 e tem a seu favor, estabilidade, o que deve no mínimo, garantir o clube na divisão, evitando um retorno a quarta divisão.

Dados Gerais

Ano de fundação: 2010
Cidade: Novo Horizonte
Estádio Atual: Jorge Ismael de Biasi
Mascote: Tigre
Alcunha: Tigre do Vale
Participações na Série C: Estreante

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado na primeira fase
Brasileirão 2020: Semifinalista (Série D)
Copa do Brasil 2021: Não Participa

Oeste/SP

O Rubro-Negro disputou em 2012, sua primeira Série C e acabou campeão, de forma incontestável. Depois de 8 edições de Série B e até uma mudança de cidade, o clube retorna. Em 2021, disputando a Série A2 do Paulistão, a Onça quase retornou a elite, caindo na última fase, para o São Bernardo.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1921
Cidade: Barueri
Estádio Atual: Arena Barueri
Mascote: Onça
Alcunha: Onça Rubro-Negra
Participações na Série C: 2ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado nas semifinais (Série A2)
Brasileirão 2020: Rebaixado, 20º
Copa do Brasil 2021: Não Participa

Paraná/PR

Pela primeira vez na história, o Paraná Clube foi rebaixado da B para C. Será apenas a segunda participação da equipe na divisão. Caiu em 2020 e de forma preocupante, vivendo uma crise financeira. 2021 não começa de forma animadora. Até aqui, foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil para o conterrâneo Cianorte.

Ainda disputando o Estadual, o Tricolor perdeu o jogo de ida, pelas quartas de finais, em casa, por 2×0, para o rival Athletico. A volta está sem data, devido a situação da pandemia no estado.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1989
Cidade: Curitiba
Estádio Atual: Vila Capanema
Mascote: Gralha-Azul
Alcunha: Tricolor da Vila
Participações na Série C: 2ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Quartas de finais (em andamento)
Brasileirão 2020: Rebaixado, 18º (Série B)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na primeira fase

São José/RS

Apostando em um elenco mais jovem, o Zequinha busca fazer história e chegar pela primeira vez na Série B. O clube da capital gaúcha busca algo melhor que 2020, quando não conseguiu classificação para a segunda fase e foi ameaçado pelo rebaixamento. Em 2019, quando retornava, fez sua melhor campanha, batendo na trave, caindo apenas as quartas de finais. No Estadual, chegou a sexta colocação, brigando até o final por vaga nas semifinais do torneio.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1913
Cidade: Porto Alegre
Estádio Atual: Passo D´Areia
Mascote: São José
Alcunha: Zequinha
Participações na Série C: 7ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado na primeira fase (6º)
Brasileirão 2020: Eliminado na primeira fase (7º)
Copa do Brasil 2021: Não Participou

Ypiranga/RS

Disputando a divisão desde 2016, o Canário tem fatos semelhantes ao conterrâneo, São José. Mesmo número de participações na Série C, campanha muito parecida no Gauchão 2021, onde ficou uma posição acima e também vem batendo na trave, na luta pelo acesso para Série B, que assim como o Zequinha, seria o primeiro.

Especificamente no retrospecto na terceira divisão, o caso do Ypiranga é mais dolorido. Em 2019, chegou as quartas de finais e caiu para o Confiança por um gol. Em 2020, chegou ao quadrangular do acesso, mas sucumbiu na última rodada, perdendo a vaga para o Londrina.

Outro fato da temporada 2021 do clube, foi a eliminação na segunda fase da Copa do Brasil. Apesar de cedo, a queda foi para o Fortaleza, dando bastante trabalho ao Leão, que jogando na Arena Castelão, avançou com um gol aos 30 minutos do segundo tempo, de falta.

Dados Gerais

Ano de fundação: 1924
Cidade: Erechim
Estádio Atual: Colosso da Lagoa
Mascote: Canário
Alcunha: Canarinho
Participações na Série C: 7ª

Desempenho Recente

Estadual 2021: Eliminado na primeira fase (5º)
Brasileirão 2020: Eliminado na segunda fase (6º no geral)
Copa do Brasil 2021: Eliminado na segunda fase

Anúncios

Deixe uma resposta