Ceará Copa Sul-Americana

Ceará deve perder R$ 320 mil de premiação da Sul-Americana após punição da Conmebol

(Foto: Reprodução)

Entidade puniu o Vovô por quebra de protocolo

O Ceará deve perder cerca de R$ 320 mil de premiação da Copa Sul-Americana após punição da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). O vovô foi penalizado por quebra de protocolo sanitário. As informações são do GE.

Conforme a nota oficial divulgada pela entidade, o presidente do Alvinegro, Robinson de Castro, o executivo de futebol, Jorge Macêdo, o conselheiro Henrique Lobo e o diretor de patrimônio, Pedro Mapurunga, violaram o Protocolo de Operações das Competições de Clubes.

O episódio ocorreu antes do jogo diante do Arsenal de Sarandí, na Argentina, pela 2ª rodada da competição, em que time empatou em 0 a 0. Dessa forma, a Conmebol aplicou punição para dirigentes e deve retirar aproximadamente de R$ 320 mil da premiação do clube.

A entidade fixou multa de U$ 15 mil para cada um, totalizando U$ 60 mil, o que representa cerca de R$ 320 mil na cotação do dólar desta terça-feira, 25, que estava em R$ 5,34 até a publicação desta matéria.

Ainda por meio de nota, a Confederação disse que a “decisão poderá ser apelada à Comissão de Recursos no prazo de sete dias a partir da notificação dos fundamentos desta decisão nos termos do artigo 67.2 do Código Disciplinar”. O recurso obedecerá às formalidades exigidas no artigo 67.4º e seguindo o Código Disciplinar.

Israel
Jornalista

Deixe uma resposta