Ceará Copa Sul-Americana

Ceará recebe Bolívar e mira classificação para a próxima fase na Sul-Americana

(Foto: Fausto Filho/Ceará SC)

Ceará recebe o Bolívar e busca encaminhar a classificação para avançar de fase

Na noite desta quinta-feira, 20, Ceará e Bolívar se enfrentarão na Arena Castelão às 19h15min em jogo válido pela quinta rodada da Sul-Americana de 2021. No Grupo C ainda não tem nada definido, as pontuações das equipes são bem próximas, sendo possível que uma ou duas vitórias de qualquer integrante do grupo mude a classificação para a próxima fase, que possivelmente só será decidida na última rodada.

Anúncios

Ceará
O Vovô mantém-se líder e invicto na competição até os dias atuais, porém para deixar encaminhada a classificação para a próxima fase é necessário vencer o confronto contra o Bolívar. Atualmente o alvinegro possui seis pontos, sendo uma vitória e três empates.

Quanto a escalação para o confronto, o Vovô deve ir com força máxima, vale ser ressaltar que na última quarta-feira, 19, o Ceará entrou em campo em jogo válido pela semifinal do Campeonato Cearense e será possível ver no banco de reserva do jogo de logo mais alguns atletas que estiveram presente no jogo do Cearense. Essa presença só será possível devido a assinatura de um documento por médicos, dirigentes do clube alvinegro, sindicato dos atletas e os próprios jogadores.

Anúncios

Bolívar
A equipe visitante chega para o confronto após empatar com o último colocado do Grupo C, Jorge Wilstermann, mantendo o Ceará na liderança. A equipe boliviana atualmente ocupa a segunda posição, com seis pontos, sendo uma vitória e três empates. O Bolívar encontra-se na mesma situação que o Ceará, para se aproximar da liderança apenas uma vitória interessa.

FICHA TÉCNICA
Ceará x Bolívar – Quinta Rodada – Copa Sul-Americana
Hora: 19hr15min
Data: 20/05/2021
Local: Arena Castelão – Fortaleza(CE)
Arbitragem: Jose Argote (VEN), Carlos Lopez (VEN), Yackson Dias (VEN) e Orlando Bracamonte (VEN).
Transmissão: Conmebol TV

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:
Ceará: Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Charles (Fernando Sobral), Oliveira e Vina; Mendoza (Saulo), Lima e Jael (Cléber).
Bolívar: Cordano; Bejarano, Guitán, Quinteros e Fernández; Justiniano e Granell; Saavedra, Rey (Menacho) e Rodríguez (García); Miranda.

Anúncios

Deixe uma resposta