Sem categoria

Messias destaca sua primeira final pelo Ceará: “Tem um significado muito grande”

(Reprodução/Vozão TV)

O jogador do Vovô também falou sobre a ausência do lateral-direito Gabriel Dias na primeira partida da final da Copa do Nordeste

Um dia antes de jogar a primeira partida contra o Bahia pela final da Copa do Nordeste, o zagueiro Messias, do Ceará, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, 30. Na ocasião, ele falou sobre jogar uma primeira decisão com a camisa alvinegra; a maneira que a equipe deve entrar na partida e respondeu se a ausência do lateral-direito Gabriel Dias fará diferença no entrosamento.

Primeira final

Desde que chegou no Ceará em março, Messias jogou apenas sete jogos com a camisa alvinegra e mesmo com essa quantidade baixa, já irá jogar as finais da Copa do Nordeste, sua primeira decisão representando o Vovô. Sobre isso, ele destaca que é um privilégio e isso tem um significado grande.

Para mim tem um significado muito grande, poder chegar em uma equipe como o Ceará e em pouco tempo já ter o privilégio de jogar uma final. Sou muito concentrado, focado e espero que não só eu, mas toda a minha equipe faça uma grande final nesses dois jogos. Que a gente, se Deus quiser, conquiste esse título para esse clube maravilhoso e essa torcida maravilhosa.

Como jogar essa partida?

Diferentemente das outras fases eliminatórias da competição, a final da Copa do Nordeste é disputada em dois jogos. Questionado qual é a forma que o Ceará deve jogar na primeira partida, o zagueiro fala em manter o que está sendo feito durante esse início de temporada.

“Eu acho que o Ceará não pode mudar a metodologia de trabalho, tem que continuar trabalhando da mesma maneira. Se a gente chegou aqui, nessa final, foi trabalhando dessa maneira, continuaremos assim, trabalhando em busca da vitória, do resultado positivo. Então, como eu costumo dizer, é um jogo de 180 minutos, nós temos dois jogos para decidir esse título”. 

Ausência de Gabriel Dias

Na partida contra o Vitória, pela semifinal da Copa do Nordeste, o lateral-direito Gabriel Dias foi expulso, segundo a decisão do árbitro, por agressão e, dessa forma, o Ceará terá um desfalque na defesa para o primeiro jogo da final da competição regional. Na opinião de Messias, a ausência será sentida, mas destaca que o elenco alvinegro é qualificado.

Com certeza será uma perda sentida, a ausência do Gabriel, mas como eu digo sempre, a equipe do Ceará é muito qualificada, tem peças que irão suprir a ausência dele com muito êxito. O Guto sabe as escolhas que faz, então ele vai escolher o melhor atleta para substituí-lo e tenho certeza que esse atleta dará conta do recado e fará grandes jogos.”

Deixe uma resposta