Fortaleza

Jogadores que menos atuaram com Enderson Moreira podem ter um recomeço no Fortaleza

(Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

Atletas não vinham tendo muitas oportunidades com o ex-técnico

O Fortaleza ainda está em busca de seu novo comandante para a sequência da temporada de 2021. Nomes como o de Ariel Holan e Diego Aguirre já foram ventilados, porém nenhum nome foi oficializado como o novo treinador. De qualquer forma, o novo técnico do tricolor poderá ter o auxílio de alguns atletas que não tiveram tantas oportunidades com o antigo nome. Confira quais atletas menos atuaram pelo clube na “Era Enderson”:

Anúncios

Wellington Nem

Wellington foi contratado no dia 22 de março deste ano, quando já estava há mais de uma temporada sem entrar em campo. A última vez em que disputou uma partida foi em dezembro de 2019, quando ainda estava no Fluminense, e desde agosto de 2020, estava livre no mercado. O jogador foi contratado pelo Tricolor do Pici com contrato de três meses, com opção de renovação caso o atleta se destacasse. Porém, mais de um mês se passou desde a sua contratação e Wellington não foi sequer relacionado para nenhuma partida e consequentemente, ainda não estreou. Segundo apuração do Diário do Nordeste, a antiga comissão técnica aguardava um jogo de menor intensidade para iniciar o período de testes. Todavia, com o novo comandante, Wellington deverá ter mais oportunidades, e com sua experiência, poderá ajudar o Fortaleza na continuidade do ano de 2021.

Ronald

Contratado por empréstimo no ano passado, junto a Juventus/SC, o volante teve muitas oportunidades em 2020, sobretudo com ex-técnico Rogério Ceni, tanto que a torcida Tricolor se uniu e ajudou a bater a meta da campanha do clube de camisas oficiais vendidas para comprar o atleta em definitivo, por R$ 1 milhão e com 60% dos direitos econômicos do jogador, e recentemente, o Fortaleza anunciou a sua contratação em definitivo, com contrato até 2024. No ano anterior, titular quase absoluto com Ceni. Porém, após sua saída e chegada de Marcelo Chamusca e Enderson Moreira, o atleta de 23 anos perdeu um pouco de espaço, mas mesmo assim, conseguiu disputar 32 jogos na temporada de 2020. Mas neste ano de 2021, o jogador disputou apenas uma partida, pela Copa do Nordeste, diante do Confiança, nos minutos finais do duelo. A tendência é de que o novo técnico do Fortaleza dê mais oportunidades ao Ronald, tanto pela qualidade, como pelo apelo da torcida.

Anúncios

Isaque

Contratado em março deste ano, por empréstimo junto ao Grêmio, o atacante de 23 anos não teve muitas oportunidades com o técnico Enderson Moreira, tendo disputado apenas três jogos com a camisa tricolor, tanto jogando como atacante, como também como meia. O atleta pode ser bastante útil ao novo técnico principalmente pela sua polivalência.

Daniel Guedes

Uma das primeiras contratações do Fortaleza para 2021, o lateral-direito Daniel Guedes disputou apenas três jogos com a camisa do Fortaleza, sendo que apenas em uma dessas partidas o jogador jogou os 90 minutos, diante do Confiança. Após muito tempo aprimorando a parte física, o atleta deverá ter mais oportunidades, principalmente quando começar a Série A, e pode ajudar o clube com a sua experiência e qualidade no passe.

Igor Torres

Destaque do Leão do Pici nas últimas rodadas da Série A de 2020, o atacante não manteve a mesma sequência de jogos na temporada, e perdeu espaço com Enderson Moreira. Disputou apenas cinco partidas na temporada, e não conseguiu marcar gols. Em fevereiro o Fortaleza anunciou a compra em definitivo do atleta, que estava emprestado pelo Tabuão da Serra/SP, com novo contrato até 2024, com 75% dos direitos econômicos adquiridos pelo Tricolor de Aço. Pode ajudar o novo técnico pela juventude (tem apenas 20 anos) e pela velocidade na ponta direita, o que poderá trazer mais gols e assistências para o Fortaleza.

Anúncios

Deixe uma resposta