Ceará Copa Sul-Americana

Guto destaca conjunto do Ceará e exalta atitude dos jogadores na partida: ‘Soubemos assimilar’

(Foto: Reprodução/CONMEBOL)

Além disso, o treinador analisou o Bolívar, o próximo adversário do Vovô na Sul-Americana.

Após o Ceará empatar contra o Arsenal de Sarandí pela segunda rodada da fase de grupos da Sul-Americana, o treinador Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva. Na ocasião, ele respondeu se o resultado da partida foi positivo; deu o destaque do Ceará na partida e ainda analisou o próximo adversário na competição internacional.

Resultado positivo?

Jogando fora de casa, na Argentina, a equipe do Ceará empatou por zero a zero contra o Arsenal, mas em alguns momentos, poderia ter voltado ao Brasil com a vitória. Questionado se foi um resultado positivo, Guto Ferreira destaca que para o elenco, foi feito um bom jogo e não perder fora de casa é importante.

Dentro do meu pensamento e do pensamento dos jogadores, a gente vencendo em casa e não perdendo fora, nós vamos ficar muito perto da classificação. E hoje não perdemos, talvez a partida mais difícil que nós fizemos esse ano, em termos de equipe bem trabalhada, bem treinada, com uma estrutura e organização de jogo e alto nível de competitividade”.

Destaque da equipe

Sobre quem seria o destaque individual da equipe dentro da partida, ele fala que o conjunto da equipe trabalhou bem. Além disso, o treinador exaltou o elenco, por ter assimilado rapidamente o diferente estilo de jogo de uma competição internacional.

Eu acho que o conjunto da equipe como um todo, a defesa mais uma vez sólida, nas últimas sete partida tomamos apenas um gol e o ataque esteve perto de fazer. Acho que o meio trabalhou muito bem e a atitude da da equipe foi de acordo com a competição. O futebol brasileiro é um futebol onde as faltas são marcadas por qualquer razão e o jogo aqui é um jogo que segue mais e nós soubemos assimilar rápido esse tipo de jogo e fizemos um boa partida”.

Análise do próximo adversário

Na próxima semana, a equipe alvinegra viaja para a altitude da Bolívia e enfrentará a equipe do Bolívar. Para ele, a partida será difícil, principalmente em razão de estar no meio dos jogos das finais da Copa do Nordeste.

Um jogo bastante difícil, até porque nós temos as finais de uma competição muito importante, a qual a gente busca o tricampeonato, que é a Copa do Nordeste. Nós temos que analisar bastante aquilo que a gente vai fazer, pois nós estamos voltando de uma viagem para jogar no sábado e nós vamos ficar, daqui a pouco ‘rodando’ e o futebol não é só os 90 minutos. Então estamos planejando da melhor maneira possível o que fazer na altitude e de que maneira poder fazer uma grande final da Copa do Nordeste”.

Deixe uma resposta