Ceará Copa Sul-Americana Fortaleza

Marlon e Gabriel Dias devem igualar feito de Osvaldo: jogar por Ceará e Fortaleza uma competição sul-americana

Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Jogadores atuaram pelo tricolor em 2020 na Copa Sul-Americana contra o Independiente; Atacante defendeu o alvinegro contra o São Paulo em 2011

Na próxima quarta-feira (21) o Ceará estreia em sua terceira competição internacional. Depois de disputar a Taça Conmebol em 1995 e depois a Copa Sul-Americana em 2011, o vovô inicia mais uma jogará a Copa, dessa vez com fase de grupos. Depois de garantir classificação para a semifinal da Copa do Nordeste, o vozão quer aproveitar o mando de campo para iniciar a “sula” com o pé direito.


Rival do Ceará, o Fortaleza disputou a competição uma vez: em 2020. Aquela edição foi a última disputada apenas em mata-mata, e o leão não passou da primeira fase, sendo eliminado para o Independiente, da Argentina.
Os clubes cearenses não disputaram muitas vezes competições sul-americanas. A participação deve aumentar com a solidificação dos clubes na Série A do Campeonato Brasileiro. No entanto, três jogadores terão a experiência de defender os dois clubes na Copa Sul-Americana: Osvaldo, Marlon e Gabriel Dias.


Hoje no Fortaleza, o atacante Osvaldo era um dos principais jogadores do Ceará quando o alvinegro jogou a Sul-Americana em 2011 e acabou eliminado pelo São Paulo, com um empate no PV e uma derrota no Morumbi.
Já Marlon e Gabriel Dias, atualmente no vovô, defenderam o tricolor contra o Independiente. Apesar da eliminação no final, Marlon foi o autor do gol da vitória do Fortaleza por 2 a 1 no jogo de volta na Arena Castelão.
O Ceará entra em campo na Arena Castelão na próxima quarta-feira para enfrentar oficialmente o seu primeiro adversário de fora do Brasil.

Anúncios

Deixe uma resposta