Fortaleza

Em apresentação, Benevenuto comenta sobre acusação de agressão e elogia Felipe Alves: ‘O cara é sensacional com os pés’

(Foto: reprodução/TV Leão)

Zagueiro Marcelo Benevenuto foi apresentado oficialmente

Após já ter estreado pelo Fortaleza, na vitória do último sábado diante do Confiança, o zagueiro Marcelo Benevenuto foi apresentado oficialmente à imprensa na manhã dessa terça-feira (13). Na ocasião o defensor falou sobre alguns assuntos, entre eles a acusação de agressão à ex-namorada; adaptação ao clube e elogiou alguns jogadores do elenco:

Anúncios

Acusação de agressão:

Em 2017 Marcelo acabou sendo acusado de agredir uma ex-namorada da época. Entretanto, por falta de provas, o caso acabou sendo arquivado. Porém, no final de 2020 o Ministério Público denunciou o defensor pelo mesmo motivo, e pediu esclarecimentos a perícia. Diante de toda a situação, Benevenuto crê que novamente será inocentado no caso. Além disso, ele fala sobre a oportunidade recebida pelo Fortaleza:

“Essa situação de volta lá de 2017. Já fui inocentado na primeira vez, acho que não vai ser diferente na segunda. Encaro aqui como mais uma oportunidade na minha vida, porque o Fortaleza é um clube grande também. Toda vez que eu entrar dentro de campo vou dar o meu máximo e deixar minha vida, para ser uma forma de gratidão ao Fortaleza também por ter proporcionado essa oportunidade”.

Adaptação

Próximo de completar uma semana no Fortaleza, Benevenuto revela que a adaptação tem sido boa. Ainda na mesma resposta, o zagueiro elogia a “humildade” do presidente Marcelo Paz e comemora a proximidade da diretoria com os atletas do elenco:

“Parece que eu estou aqui há um ano já. Rapaziada aqui é sensacional. O presidente anda ali no campo, parece ser uma pessoa normal, sabe? É um cara muito humilde, não parece ser o presidente mesmo. Eu acho isso bacana, a aproximação da diretoria com os jogadores, isso faz a gente ficar mais a vontade também”.

Motivação para vir

Marcelo Benevenuto revela alguns dos motivos que o fizeram aceitar a proposta do Fortaleza. Dentre eles, a persistência do time cearense e contar com o zagueiro foi determinante para o desfecho positivo da negociação. Além disso, o crescimento no meio do futebol e a torcida do Leão do Pici também foram outros tópicos que o motivaram a vir:

“Eu tive outras propostas também, de grandes clubes, mas pela persistência do Fortaleza de contar comigo, eu fiquei muito feliz. Quando eu soube que houve o interesse do Fortaleza, na primeira vez eu ainda me segurei, para ver como que seria eu morar em outro lugar, porque eu nunca fiquei tão distante da minha família. Eu vejo o Fortaleza crescendo no futebol e sempre estão montando grandes equipes. Também a torcida né, eu vejo uns vídeos no YouTube e a torcida é maluca mesmo”.

Felipe Alves e Enderson Moreira

Benevenuto aproveitou a oportunidade para elogiar o jogo com os pés de Felipe Alves e revelar que não está acostumado a jogar com um um goleiro tão bom no quesito. Além do arqueiro, o Marcelo elogiou a organização de Enderson Moreira, além de ter achado inteligente, da parte do treinador, em poupar os atletas considerados titulares:

“Eu não estou acostumado a ter um goleiro tão bom assim com os pés, que é o Felipe Alves. O cara é sensacional com os pés. Isso passa uma segurança para a gente que é da defesa. Podemos recuar uma bola porque sabemos que ele vai se virar. E na equipe também é um ajudando o outro, bem organizada pelo professor Enderson, que montou a equipe conforme vem o adversário. Achei inteligente da parte dele também de ter poupado os titulares e dar mais oportunidades para quem não vinha jogando. Acredito que a rapaziada aproveitou da melhor forma e eu também pude aproveitar a oportunidade, e quase saiu um gol”.

Competitividade na zaga

Para finalizar, Benevenuto rasga elogios aos companheiros Juan Quintero e Titi (esse ainda vai chegar o Pici). Para o defensor, a competitividade na zaga leonina “vai ser boa”:

“Não é que eu chego para assumir, mas que eu vou buscar meu espaço eu vou. Sou fã do Quintero, jogador sensacional, acho que de seleção também. O Titi vem para dar experiência, zagueiro de alto nível também. E eu vou estar no bolo ali buscando o meu espaço. Competitividade vai ser boa”.

Anúncios
Guilherme de Andrade
Tenho 19 anos e curso jornalismo.
http://guilhermesport.wordpress.com

Deixe uma resposta