Ceará COPA DO NORDESTE Copa Sul-Americana

Guto fala sobre sequência de jogos e destaca: “Quem estiver melhor entra dentro de campo”

(Foto: Reprodução/Vozão TV)

O treinador alvinegro também exaltou o estreante João Victor, de 16 anos.

Após a vitória do Ceará contra o Salgueiro pela Copa do Nordeste na tarde deste sábado (10), o treinador Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva. Na ocasião, ele falou sobre a necessidade de administrar o elenco em uma futura sequência de jogos; a semana “cheia” para focar na partida de quartas-de-final, contra o Sampaio Corrêa e a estreia do João Victor, de 16 anos, com a camisa alvinegra.

Administrar o elenco

Com o iminente início da Sul-Americana e a possibilidade de avançar de fase na Copa do Nordeste, o Ceará poderá ter uma sequência de jogos nas semanas seguintes. Sobre isso, Guto Ferreira destaca que, a cada jogo, quem estiver melhor estará dentro de campo.

“A gente vai estar na fase classificatória de uma competição e nas quartas-de-final da outra. […] Temos que fazer o resultado dentro de campo, então, agora dentro do que a gente tem, temos uma equipe que está preparada e mais alguns jogadores que tem entrado dentro de campo, que tem dado retaguarda e tem dado respostas importantes. Nós vamos mexer na medida do possível, dentro das nossas estratégias para cada partida e dar condição, pois vamos ter que administrar as viagens da Sul-Americana e os jogos difíceis da Copa do Nordeste. Então são duas competições bastante importantes que não dá para ficar escolhendo, para cada jogo, quem estiver melhor, entra dentro de campo”. 

Semana de treinamentos

A próxima partida do Ceará acontecerá somente no próximo final de semana, contra o Sampaio Corrêa pelas quartas-de-finais da Copa do Nordeste. Questionado sobre como aproveitar esse maior período entre jogos, o comandante alvinegro fala em “lapidar” a equipe no aspecto técnico, tático e mental.

Temos que dar uma lapida muito boa na equipe, não só no aspecto técnico e tático, mas também na parte mental, na parte de como encarar cada momento, para que a gente possa chegar muito forte nessa partida de quartas-de-final contra o Sampaio que já foi campeão. Então temos que ter todo o respeito e muita atenção, pois se a gente achar que as coisas vão acontecer naturalmente, não é assim não, temos que trabalhar para fazer acontecer”.

Estreia de João Victor

A partida também foi marcada pela estreia de João Victor, um garoto de 16 anos, no time profissional do Ceará. O garoto atuou no final da segunda etapa e mostrou bastante personalidade e habilidade dentro das quatro linhas. Para Guto, a boa atuação do jovem reflete o que acontece nos treinamentos diários do Vovô.

“O trabalho de formação carece de oportunidades e a oportunidade não é colocar por colocar, mas saber o momento para cada estágio que está. O João é um menino de 16 anos, que já teve convocação para a seleção sub-17 […] e nos treinamentos, os jogadores do profissional passam ‘apertado’ com o menino. Ele é um jogador de muito personalidade, agressivo, forte, rápido e que não se intimida”.

Deixe uma resposta