Ceará

‘O objetivo que o Ceará me passou era gigantesco’, diz Messias sobre escolha pelo alvinegro

(Foto: Reprodução/Vozão TV)

Além disso, o zagueiro falou sobre suas principais características dentro de campo.

Nesta quarta-feira (29), ao lado do diretor de futebol, Eduardo Arruda, o zagueiro Messias foi apresentado como jogador do Ceará. Na ocasião, ele falou sobre quais foram as motivações para escolher o Ceará como novo destino; o que fazer dentro de campo para recompensar o esforço da diretoria alvinegra e destacou as suas principais características.

Escolha pelo Ceará

Após anos jogando tendo jogado somente no América-MG no Brasil, o zagueiro escolheu o Ceará como novo destino dentro do futebol. Sobre isso, ele destaca que é movido por desafios e objetivos grandes.

Sou movido a desafios, sou movido a objetivos grandes e o objetivo que o Ceará me passou era gigantesco. Então, o que me fez vir para cá foi a ambição do clube e a vontade de vencer. [..] Decidi junto da minha família em optar por esse novo desafio e lutar para conquistar todos os objetivos do Ceará.

Recompensar o esforço

Sendo um alvo antigo da diretoria alvinegra, o novo camisa 3 do clube fala que vai se dedicar, trabalhar duro e fazer o melhor sempre que possível, para poder valer todo esse investimento.

“Fico feliz com todo esse desejo que o Ceará sempre teve por mim e essa vontade que viesse para cá. Graças a Deus, conseguimos concretizar isso agora. O que eu tenho que fazer para recompensar esse esforço é me dedicar, trabalhar duro, fazer o melhor sempre, dar minha vida por esse clube, pois é o clube que me deu essa oportunidade. Eu espero recompensá-lo com grandes atuações, junto aos meu companheiros, títulos e todos os objetivos que o Ceará tem também.

Características individuais

Questionado sobre suas características individuais, Messias diz que é um jogador forte e bom no jogo aéreo. “Me considero um zagueiro forte, bom no jogo aéreo, pelo meu tamanho, rápido e bom defensivamente. Ofensivamente, considero que tenho um jogo aéreo bom, evolui muito em criação de jogo, com minha ida para Portugal, pois são outras características do futebol.

Deixe uma resposta