Ceará COPA DO NORDESTE

Guto Ferreira justifica empate do Ceará: “O campo não tinha condições”

(Foto: Reprodução/VozãoTV)

O treinador alvinegro ainda falou sobre o Clássico-Rei do próximo final de semana.

No último sábado, após o empate fora de casa contra o Altos pela Copa do Nordeste, o treinador do Ceará, Guto Ferreira, concedeu entrevista coletiva. Na ocasião, ele falou sobre o gramado do estádio Albertão; a situação do Jacaré, que saiu contundido com poucos minutos dentro do gramado e se ele irá contar com os destaques da temporada passada para a próxima partida da Copa do Nordeste, o Clássico-Rei.

GRAMADO RUIM

Na opinião de Guto Ferreira, além da falta de entrosamento no início da temporada, o empate é justificado, também, pela qualidade do gramado do estádio Albertão, local aonde o jogo aconteceu.

O campo não tinha condições, tanto que nós tivemos dificuldades e eles, que são da casa, tiveram dificuldades. A questão mais problemática é que tivemos uma lesão, tivemos um jogador que saiu de campo devido à condição do gramado. Então esse tipo de situação, para uma competição do nível de Copa do Nordeste, que na minha concepção é a segunda competição de mais alto nível no futebol brasileiro hoje, acho que a liga tem que olhar um pouco para a qualidade da competição e, de uma maneira mais protocolar, exigir, da parte dos clubes participantes, apresentação de gramados que permitam u m jogo de maior qualidade, pois assim, a competição vai crescer ainda mais”.

SITUAÇÃO DO JACARÉ

O atacante Jacaré havia entrado no início da segunda etapa, porém, com pouco minutos dentro de campo, acabou se lesionando e teve que sair. Sobre isso, Guto diz que foi uma perda importante para o time na partida.

O jacaré ficou 12 minutos em campo, desses 12 minutos tivemos três situações rondando a área: uma bola cruzada que o Jacaré chegou atrasado, um cruzamento que teve próximo do Cléber cabecear e acho que uma jogada do Saulo também. A gente cresceu muito com as mexidas, mas com a saída do Jacaré, que vive um momento bom, fez com que o Rick se dedicasse e buscasse fazer o melhor, mas não está no ritmo que o Jacaré está. Teve uma queda, até por que o Jacaré é um jogador de boa compreensão física e joga muito bem no corpo a corpo, que é propício para esse tipo de campo e o Rick, um jogador mais leve, já não é um jogador para esse perfil de campo. Então, com certeza foi uma perda naquele momento da partida.

CLÁSSICO-REI

Depois de um período de descanso para os jogadores que mais atuaram na temporada passada, eles já voltaram para os treinamentos diários. Questionado se ele irá contar com esses atletas para o Clássico-rei no próximo final de semana, o treinador alvinegro respondeu que já está fazendo o uso deles.

Eu já estou contando, já estou usando Sobral, Fabinho, Luiz Otávio, Pacheco; são todos jogadores que já foram para o jogo. Acho que com mais uma semana de treino vai ser possível já jogar boa parte da partida, temos uma semana para a gente pensar na melhor formação, para a gente colocá-los em campo, colocar o melhor do Ceará em campo e fazer um grande clássico.

Deixe uma resposta