Ceará

Guto Ferreira justifica derrota do Ceará em estreia no Campeonato Cearense: “Detalhes que nós erramos”

(Foto: Reprodução/VozãoTV)

O treinador ainda analisou as estreias de João Ricardo, Jael e Jordan com a camisa alvinegra.

Nesta quarta-feira (10), depois do Ceará ser derrotado por 2 a 1 pelo Ferroviário na estreia do Campeonato Cearense, o treinador Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva. Na ocasião, ele falou sobre as estreias dos jogadores contratados; as competições disputadas na primeira parte da temporada e os fatores que determinaram a derrota para o Tubarão.

ESTREIA DE JOGADORES

Contratados para fazerem parte do elenco alvinegro para a temporada de 2021, Jael, João Ricardo e Jordan fizeram suas estreias com a camisa do Ceará. Sobre isso, Guto destaca que a participação dos jogadores no jogo faz parte de um trabalho de melhoria da condição física.

Em que pese a situação deles não estarem ainda 100%, o jogo é também um trabalho de melhoria da condição deles, poder participar do jogo. Eu acredito que os três fizeram um jogo, dentro das condições que eles estão, muito bom. João, tranquilo, orienta bastante, joga bem com os pés, joga bem em termos defensivos, foi um goleiro seguro; o Jordan qualificou bastante a saída de bola, com passes muito bons, teve intervenções defensivas importantes, (faltam) ajustes de menino que às vezes entra um pouco mais forte na jogada [..] e Jael, um jogador que trabalhou bem, precisa melhorar, sim, deve melhorar, mas é um jogador difícil de ser marcado, é um jogador dentro da área sempre presente”.

ESTADUAL X COPA DO NORDESTE

Questionado sobre qual competição do primeiro semestre da temporada 2021 seria dada maior foco, Guto destaca que vai escalar a equipe titular conforme o momento vivido pelo clube.

Tenho falado que nós temos que ter muita preocupação e escalar a equipe conforme o momento, não só em relação ao campeonato que estamos jogando, mas também ao futuro. Se não, daqui a pouco estamos escalando a mesma equipe em todos os jogos e nós fizemos um plantel grande para que isso não acontecesse, pois lá na frente vai faltar, a temporada é muito desgastante”.

FATORES PARA A DERROTA

Levando o gol que decretou a derrota, nos momentos finais da partida, Guto afirma que o desgaste de jogadores que não estavam jogando colaboraram para que esse resultado acontecesse. Além disso destacou que faltaram alguns detalhes para o time do Ceará

A gente previa o desgaste, tanto é que devido ao desgaste de outros tivemos a necessidade de tirar. O Luiz (Otávio) acabou ficando até o final, o Marcos Ítalo (Buiú) foi até o final, mesmo sentido câimbras, pois eu já tinha feito a última substituição. Além disso, à medida que nós fomos trocando, saíram os jogadores mais experientes da frente e tivemos dificuldade de retenção de bola na frente e logicamente o time deles cresceu. Nós começamos a errar um pouco mais, pois é um time mais inexperiente tendo que atacar uma equipe postada lá atrás e jogando de contra-ataque e, em um desses contra-ataques conseguiram a expulsão do Jordan, e a partir ‘daí’, eles foram para cima e tivemos dificuldade de saída. Mas, mais do que qualquer outra coisa, o que determinou foram erros individuais que nós tivemos, na verdade, esses detalhes que nós erramos mais que o Ferroviário pois é um time que joga mais e desenvolveu mais esses quesitos”.

Deixe uma resposta