COPA DO NORDESTE Fortaleza

Em reformulação, Fortaleza tinha cinco jogadores do sub-23 na vitória contra o Sampaio Corrêa

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Dos cinco, quatro foram utilizados na partida

No último sábado, 6, o Fortaleza conquistou sua segunda vitória na Copa do Nordeste ao derrotar o Sampaio Corrêa/MA fora de casa por 2 a 0.  O triunfo deu os 100% de aproveitamento e a liderança do grupo para a equipe do técnico Enderson Moreira, que ganhou um voto de confiança da diretoria após a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro.

Para a temporada 2021, a principal ideia do planejamento do tricolor é a reformulação do elenco. A diretoria entende que o grupo do Fortaleza é vitorioso, mas que já chegou ao final do seu ciclo. Por isso, para reformular a equipe, cinco contratações já foram oficializadas. Três delas já atuaram: Matheus Jussa, Lucas Crispim e Robson. Outras duas aguardam regularização: Ederson e Daniel Guedes.

Anúncios

Enquanto o clube trabalha para anunciar mais contratações e alguns dos remanescentes são poupados, outra solução que Enderson vem encontrando para escalar sua equipe é aposta em jogadores do time sub-23. Na partida contra o Sampaio Corrêa, por exemplo, cinco jogadores da relação para o duelam era da equipe sub-23.

Na lista, o atacante Igor Torres é o que torcedor está mais acostumado. Autor de um gol na vitória por 3 a 0 contra o Vasco da Gama, Igor terminou o Brasileirão com crédito e teve seu contrato renovado até 2024. O atleta voltou a ser titular diante do Sampaio Corrêa, mas foi substituído no segundo tempo.

O volante Pablo fez sua segunda partida na temporada como titular. Com uma marcação forte e boa qualidade com a bola, o jovem jogador formou duplas com Juninho, contra o CRB, e Matheus Jussani, contra o Sampaio. Para um setor também precisa ser reformulado, Pablo parece ser uma opção que agrada ao treinador Enderson Moreira.

Oriundo das categorias de base do leão, o atacante Gustavo Coutinho retornou ao clube após boa passagem de empréstimo pela Cabofriense/RJ. Coutinho chegou a figurar na equipe principal em 2018 no comando de Rogério Ceni, mas sem muitas oportunidades. No último sábado, o atacante fez sua estreia na temporada com a camisa do tricolor. Com uma assistência e boa movimentação, Coutinho agradou a torcida tricolor.

Outro que recebeu oportunidade no decorrer da partida foi o zagueiro João Paulo, que substituiu Juan Quintero. O defensor contratado junto ao Botafogo-SP em 2019 atuou em poucas partidas daquele ano com Rogério Ceni. O quinto jogador era o lateral-direito Vitor Ricardo, que ainda não fez sua estreia no profissional.

Na semana, o Fortaleza fará sua estreia no Campeonato Cearense. Com um calendário apertado com o de 2020, o tricolor deve mandar uma equipe alternativa para o jogo contra o Atlético Cearense, em Horizonte. O estadual será mais uma oportunidade para o clube colocar jogadores das categorias de base para atuar.

Anúncios

Deixe uma resposta