Ceará

“A responsabilidade cresce”, diz Richard sobre o Ceará disputar a Copa do Nordeste como atual campeão

(Foto: Reprodução/Vozão TV)

Finalizando os preparativos para a primeira partida da temporada 2021, o goleiro do Ceará, Richard, concedeu entrevista coletiva neste domingo (28). Na ocasião, ele falou sobre esse confronto da próxima segunda-feira (1), contra o ABC, pela Copa do Nordeste; a responsabilidade de entrar na competição como o atual campeão e a incomum transição rápida entre as temporadas.

CONFRONTO DA COPA DO NORDESTE

Questionado sobre como vai ser o primeiro jogo do Ceará na temporada e na Copa do Nordeste, com um time alternativo, Richard destaca a responsabilidade de vestir a camisa do Ceará.

“A gente sabe que é início de temporada para eles e para nós também. Alguns jogadores que não vinham jogando com tanta frequência vão ter mais oportunidade de demonstrar seu valor dentro do clube. Quanto ao ABC, a gente viu o vídeo e sabe que é uma equipe bastante veloz, tem bastante qualidade e conhece bem os seus domínios, mas a gente sabe da responsabilidade que é vestir a camisa do Ceará, então a gente vai para fazer um grande jogo. Sabemos que não vai ser fácil, mas temos que colocar o nosso ritmo e conseguir a vitória”.

ENTRAR NA COMPETIÇÃO COMO ATUAL CAMPEÃO

Para Richard, entrar na Copa do Nordeste como atual campeão é uma grande responsabilidade, pois entra na competição sendo visado por outros times participantes.

“A responsabilidade cresce, a gente sabe que é uma competição muito difícil; creio que os adversários vão vir mais preparados ainda, pelo fato da última temporada que fizemos, pelo título da Copa do Nordeste, pelos jogos que fizemos no Brasileirão e creio que as equipes vão se preparar mais. Então é uma responsabilidade boa, temos que assumir e fazer grandes jogos. Acho que isso é o mais importante, desempenhar aquilo que a gente vem trabalhando no dia a dia e alcançar nosso objetivo na competição”.

RÁPIDA TRANSIÇÃO ENTRE TEMPORADAS

Após uma temporada feita em um intervalo de tempo curto, em razão da pandemia, a transição para a próxima acontecerá de maneira rápida. Sobre isso, o goleiro alvinegro acha esse formato diferente, mas, assim como o mundo, ele diz que o futebol deve se adaptar também.

“A gente tem que se adaptar, é diferente e estranho, falando por mim. A temporada acabou, fizemos uma boa temporada e agora, quatro dias depois, vamos estar entrando em campo pela primeira partida da temporada 2021. É bem diferente, mas assim como o mundo está se adaptando, a gente tem que se adaptar também e espero que essa temporada seja tão boa ou melhor do que foi a de 2020”.

Deixe uma resposta