Copa Fares Lopes Ferroviário

Ferroviário: Tubarão segue em busca de fazer história

Foto: Lenilson Santos / Ferroviário

A tradicional equipe do Ferroviário, nove vezes campeã cearense, busca seu segundo título de Copa Fares Lopes, o Ferrão venceu a competição em 2018. O Tubarão da Barra vive um dos melhores momentos de sua história, o clube foi campeão brasileiro da Série D em 2018, desde então se mantém vivo na Série C do Campeonato Brasileiro.

Em âmbito nacional, o Ferrim tem obtido sucesso, e já se encaminha para a terceira temporada na terceirona, mantendo-se no certame sem sustos. Da equipe que fez campanha segura na temporada anterior ficaram poucos remanescentes, como por exemplo: André Mensalão, Madson e Linnick. O treinador para esta nova temporada é Francisco Diá, que acumula passagens por Sampaio Corrêa, Campinense e estava no ABC.

O Tubarão da Barra chegou para essa Fares Lopes como um dos favoritos ao título, ao lado de Floresta e Caucaia. Esse favoritismo tem se confirmado e a equipe fez a segunda melhor campanha da primeira fase e está invicto dentro do certame. Foram até aqui cinco jogos, três vitórias e dois empates.

Na semifinal, o Ferrim encarou o badalado Caucaia, que conta com o atacante Ciel, artilheiro da competição, com 10 gols. Entretanto, o Ferroviário passou com facilidade, no jogo de ida venceu por 3 a 0, na volta 3 a 1. Somando 6 a 1 no agregado, a equipe da capital disputa a final contra o Icasa, neste domingo, às 15h30, no estádio Domingão.

RETROSPECTO NA COPA FARES LOPES

2010 – Segunda fase (Quartas de Final)
2011 – Segunda Fase (Quartas de Final)
2012 – Segunda fase (Quartas de Final)
2013 – Segunda Fase (Quartas de Final)
2014 – Terceira Fase (Semi Final)
2015 – Segunda Fase (Quarta de Final)
2018 – Campeão
2019- Primeira Fase
2020- Finalista

Foram até aqui: 74 jogos, 32 vitórias, 17 empates e 25 derrotas

DESTAQUES INDIVIDUAIS

A equipe treinada por Francisco Diá ainda não perdeu na copa e deve manter o elenco base dos últimos jogos: Jonathan, Sousa Tiribi, Vitão, Richardson e Emerson; Wesley Dias, Diego Viana, André Mensalão e Reinaldo; Berguinho e Adilson Bahia.

Os destaques individuais do Tubarão, são: o atacante Adilson Bahia, artilheiro da equipe no certame com quatro gols e o meia André Mensalão, que já soma três gols, até aqui.

Deixe uma resposta