Entrevistas Fortaleza

“O importante foi a personalidade do time” destaca o auxiliar Luis Fernando sobre vitória do Fortaleza

Foto: Reprodução/TV Leão

Auxiliar do Fortaleza exaltou a personalidade dos atletas na partida, que, segundo ele, foi fundamental para o triunfo

Após a vitória de 3×1 do Fortaleza sobre o Coritiba nesta quinta-feira (4), o auxiliar Luis Fernando concedeu entrevista coletiva à imprensa. O assistente técnico que substitui o treinador Enderson Moreira, que ainda se recupera da Covid-19, falou sobre a boa partida da equipe, as atuações individuais de alguns jogadores e os próximos confrontos no campeonato.

Anúncios

Sobre a vitória

Perguntado sobre os fatores que foram predominantes para a vitória do time, Luis Fernando respondeu:

“Eu acho que foi um primeiro tempo muito igual, até um pouquinho mais pra gente, tivemos duas oportunidades de abrir o placar, mas acabamos sendo surpreendidos com um gol. Para mim, o importante foi o não abatimento, a personalidade do time, nesse momento difícil na briga contra o rebaixamento. […] Então, acho que o fator predominante foi isso, o psicológico de não ter se abatido durante o momento que a gente tomou o primeiro gol.”

Aproveitamento dos espaços ou atitude dos jogadores?

Questionado sobre qual foi a principal arma que a comissão técnica para vencer a partida, o auxiliar exaltou a atitude dos jogadores:

“Os jogadores, né. É claro que a gente trabalha em todos os sentidos com eles durante a semana. Mas, no jogo, quem resolve mesmo são eles, e como eu falei, tiveram atitude, não se abateram, correram atrás do resultado com muita personalidade. Então, eles tão de parabéns, as grandes figuras são os atletas que saíram de um placar adverso para um 3 a 1.”

Anúncios

Atuação de Luiz Henrique

O meia Luiz Henrique atuou pela segunda vez seguida como titular do Leão, e deu uma assistência no jogo. Questionado sobre a avaliação da partida do garoto de 21 anos, Luis respondeu:

“Os fatores são os mesmos que o Torres. O Luiz vem trabalhando bem, a gente o conhece aqui. A gente busca informação também, da onde vem, onde fez a base, sobre toda a situação do atleta. E tivemos boas informações, e como vinha treinando bem, a gente tem que colocar (para jogar). […] Graças a Deus colocamos ele contra o Galo, achamos que ele foi bem, e nada além do normal que dá continuidade, e mais uma vez ele foi bem (hoje).”

Raça do time

Luis Fernando também foi questionado acerca da raça do time na partida de hoje, e se ela faltou em outros jogos. O auxiliar falou:

“Não, acho que eles têm jogado com raça. O futebol nem sempre é como a gente quer. Tem jogos que acaba dando um pouco mais de sorte ou os gols saem. Tivemos duas oportunidades em que o David não fez gol, fazia jogos que ele não fazia, e hoje acabou fazendo. Então, não é que eles não tenham jogado com raça os os outros jogos, sempre teve determinação, é que cada jogo é um momento e é questão de oportunidade ser bem concluída.”

Anúncios

Deixe uma resposta