FC MEMÓRIA

Jardel, Iarley e Ceará; relembre alguns jogadores cearenses campeões da Libertadores

Foto: Reprodução/Idolos Tricolores

Neste sábado (30), irá ocorrer a final da Copa Libertadores 2020, entre Palmeiras e Santos, no Maracanã, ás 17h. Está será a 61ª edição da competição internacional. Com a final prestes a acontecer, relembre alguns jogadores cearenses que conquistaram a taça mais cobiçada da América:

Mário Jardel: Nascido em Fortaleza, Jardel iniciou sua carreira nas categorias de base do Ferroviário, onde não chegou a jogar como profissional. Após passagem pelo Vasco da Gama, o “Jardelão”, como era conhecido, desembarcou em Porto Alegre, onde pelo Grêmio foi campeão da América em 1995. O atacante foi artilheiro daquela edição da Libertadores, com 12 gols, e ajudou o tricolor a vencer pela segunda vez a Copa.

Pedro Iarley: Natural de Quixeramobim, Iarley, assim como Jardel, começou nas categorias de base do Ferroviário, clube onde se profissionalizou. O Baixinho chegou a jogar pelo Real Madrid, Boca Juniors, Ceará e Paysandu, antes de chegar ao Internacional em 2005. O camisa 10 colorado foi fundamental para a conquista da Libertadores de 2006 e do Mundial de Clubes daquele mesmo ano, Iarley foi escolhido o melhor jogador do torneio continental.

Ceará : Marcos Venâncio, popularmente conhecido como Ceará, nasceu no Crato, porém iniciou sua carreira no futebol brasiliense. O lateral rodou por diversos clubes, antes de em 2005, chegar ao Internacional. Ceará era companheiro de Iarley naquele grande time do Inter de 2006. Foi marcado por ele, o primeiro gol colorado naquela edição da Libertadores. Além de conquistar a América, Ceará foi campeão mundial de clubes, onde teve a difícil missão de marcar Ronaldinho Gaúcho, no auge da sua carreira.

Everton : O Cebolinha, nasceu em Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza. O atleta iniciou sua carreira no Fortaleza, onde não chegou a jogar como profissional. O Grêmio comprou o passe do jogador ainda nas categorias de base. Foi no Imortal, onde Cebolinha conquistou a Libertadores de 2017. Apesar de ser reserva, a joia cearense entrou em dez oportunidades e foi importantíssimo para a conquista gremista.

Deixe uma resposta