Fortaleza

Juninho comemora a vitória diante do Santos, mas ressalta: ‘Ainda nos restam sete finais’

(Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

Juninho concedeu entrevista coletiva

Volta ao caminho dos gols

Além de Wellinton Paulista, o volante Juninho, também conversou com a imprensa nessa sexta-feira, 22, após a vitória contra o Santos. Na oportunidade, o atleta do Fortaleza, comemorou os gols marcados pela equipe nos dois últimos jogos, já que o Tricolor vinha passando por um longo jejum no quesito:

Anúncios

“A gente vinha vivendo um momento muito difícil. Em certos jogos fizemos até boas atuações, mas não estávamos conseguindo concluir, e graças a Deus, nas duas últimas partidas voltamos a fazer gols, que a gente estava necessitando. Nós conseguimos ser efetivos. Criamos bastante chances de gol, só que ontem, diferente dos outros jogos, conseguimos reverter as chances em gol “.

União torcida e clube

Comentando sobre a festa dos torcedores antes da partida contra o Santos, o volante ressaltou que a união entre o Fortaleza e a torcida, torna o time praticamente imbatível dentro da Arena Castelão:

“Quem estava aqui nos anos anteriores viu a força que eles tem. Quando tem essa união, time e torcida, o Fortaleza fica muito forte, fica praticamente imbatível dentro do Castelão. Ontem, os jogadores que não conheciam isso, tiveram a oportunidade de conhecer, e sem dúvida nenhuma, motivou bastante a gente, para que viéssemos a fazer um grande jogo”.

Anúncios

Sete finais

Após a vitória contra o Santos, Juninho destacou que ainda restam mais “sete finais” para o Fortaleza. Além disso, o volante destacou que o resultado positivo conquistado nessa quinta-feira, 21, foi importante para a retomada da confiança da equipe:

“Ainda nos restam sete finais. Professor deixou bem claro para a gente isso, para vivermos jogo a jogo. Cada partida é uma decisão, que vai precisar de todos os jogadores. E agora, o mais importante, acho que é a gente descansar bem, porque ontem foi um jogo muito desgastante, não só fisicamente, mas psicologicamente também. A gente vinha se cobrando bastante para voltar a vencer, ontem conseguimos. Acho que isso ajuda bastante na retomada da confiança. Com as vitórias, com os triunfos, as coisas facilitam muito o trabalho de não só nós jogadores, mas de toda comissão técnica”.

Campeonato equilibrado

Para finalizar, o camisa 5 destacou o equilíbrio do Campeonato Brasileiro. Diante disso, Juninho ressaltou que a equipe precisa estar concentrada em toda a partida, para diminuir a quantidade de erros, além de conseguir aproveitar as oportunidades que surgirem no ataque:

“No Campeonato Brasileiro, o time que está na lanterna, pode vencer do líder da competição. Então é um campeonato muito equilibrado, que sempre vai se decidir em detalhes. Então temos que estar concentrado durante os 90 minutos, para que a gente não dê margem para o erro, e quando a gente tiver oportunidade lá na frente, tem que ser cirurgico e matar a partida”, finalizou.

Anúncios
Guilherme de Andrade
Tenho 19 anos e curso jornalismo.
http://guilhermesport.wordpress.com

Deixe uma resposta