Enderson Moreira explica escolha por quatro atacantes: “A gente precisa de bons resultados”

(Foto: reprodução/TV Leão)

Enderson Moreira concedeu entrevista coletiva após derrota do Tricolor

Sobre a partida

Nesse domingo, 17, o Fortaleza foi até Porto Alegre para enfrentar a equipe do Internacional. O resultado não foi bom para o time cearense, que saiu de campo derrotado por 4 a 2. Após a partida, o treinador Enderson Moreira, concedeu entrevista coletiva, e falou sobre o duelo contra os gaúchos, além de explicar a escolha de um esquema mais ofensivo:

Anúncios

“Eu acho que a gente teve momentos bons, momentos que a gente teve uma desatenção, mas fizemos um jogo aqui buscando o resultado, que é o que a gente precisa. Não adianta a gente jogar para não tomar gol, jogar simplesmente para não perder. A gente precisa de bons resultados, de gols, e a gente jogou para isso”.

Jogo abaixo defensivamente

Apesar de achar que a estratégia escolhida foi boa, Enderson acredita que faltou um jogo defensivo mais qualificado. O técnico viu um desempenho no quesito, abaixo do que a equipe pode render nos jogos:

“Eu acho que a gente fez uma estratégia boa, criamos boas situações, poderíamos ter vencido o jogo mesmo saindo com 2 a 0. Se hoje a gente tivesse feito um jogo defensivo um pouco mais qualificado, e quando eu falo defensivo, não tô falando da defesa, dos laterais, dos volantes. Talvez tenha faltado uma atitude melhor quando a gente perdia a posse de bola. Então a gente não fez defensivamente um jogo da maneira que a gente pode fazer”.

Anúncios

Equipe equilibrada

Para retornar aos caminhos das vitórias, Enderson diz que o Fortaleza precisa ser uma equipe mais equilibrada. O técnico viu uma melhora no setor ofensivo, mas ao mesmo tempo, um declínio no sistema defensivo diante do Internacional:

“Nós precisamos ser uma equipe equilibrada. Não adianta ser uma equipe que só se defenda, e nem adianta ser uma equipe que só ataque. A gente precisa buscar esse equilíbrio. Sei que é pouco tempo, mas a gente está tentando de todas as formas equilibrar. Acho que ofensivamente a gente cresceu muito, e defensivamente, a gente teve um desequilíbrio. Precisamos voltar a ter tranquilidade, se reorganizar. Mas a gente sabe que pode mais”, finalizou.

Anúncios

Deixe uma resposta