Após contestação de Renato Gaúcho, árbitro relata na súmula quatro funcionários do Fortaleza ‘reclamando acintosamente’

(Foto: reprodução/Premiere)

Árbitro relatou que quatro funcionários estavam reclamando acintosamente

Mais uma vez, a presença dos funcionários do Fortaleza na arquibancada da Arena Castelão foi motivo de reclamação por parte da equipe visitante. O treinador Renato Gaúcho, do Grêmio, questionou ao árbitro sobre o assunto: “Tem 300 caras aí. De onde surgiu tanta gente?”.

LEIA MAIS | Renato Gaúcho reclama de colaboradores do Fortaleza no Castelão: “Tem 300 caras aí”

Anúncios

Entretanto, o árbitro da partida, Jefferson Ferreira de Moraes, relatou na súmula apenas os nomes de quatro funcionários. Segundo o juiz, o grupo de pessoas estavam reclamando “acintosamente e persistentemente contra as decisões da arbitragem”. Veja abaixo o relato completo:

“Informo que aos 19 e 37 minutos do 2º tempo identificamos um grupo de pessoas na arquibancada reclamando acintosamente e persistentemente contra as decisões da arbitragem, conduta essa que atrapalhava o bom andamento da partida, identificamos os senhores: Francisco Wellyson Galdino Maciel (chefe de segurança do fortaleza ec), Daniel Rangel de Paula Pessoa (diretor de futebol do fortaleza ec), Bruno Oliveira (cinegrafista do fortaleza ec) e Sérgio Roberto Mendonça Machado (gerente de futebol do fortaleza ec). foi solicitado ao policiamento do estádio que se deslocasse ao local para conter as reclamações, porém sem sucesso. informo ainda que a identificação se deu com auxilio do coordenador da cbf sr. delciraldo da silva araújo”.

Anúncios

Sem a presença dos torcedores no estádio, fica possível escutar qualquer manifestação feita por pessoas que estiverem no estádio. Dessa forma, ainda nesse Campeonato Brasileiro, equipes como Internacional e Atlético Mineiro, também reclamaram da postura dos funcionários do Fortaleza.

Porém, Eduardo Salles, um dos secretários do Conselho Deliberativo do clube cearense, fez questão de desmentir a narrativa de que existiam “300 pessoas”, como disse Renato Gaúcho, na arquibancada:

Anúncios

Deixe uma resposta