Difícil de ser batido, Floresta mostra solidez e poder de reação nos momentos mais decisivos

Foto: Ronaldo Oliveira

O Lobo da Vila está a um passo do sonhado acesso para a Série C

O Floresta vive a expectativa do acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Depois de vencer o América de Natal por 2×0 no último sábado (02), o Verdão da Vila pode até perder por um gol de diferença, que conquistará o acesso inédito para a terceira divisão.

Muitos avaliam a campanha do time fortalezense como surpreendente ou mesmo sorte. Mas os números e retrospectos dão uma visão diferente. O trabalho do técnico Leston Júnior se mostra bastante consistente, montando uma equipe que pouco perdeu no campeonato e de forte poder de reação em momentos decisivos. Confira alguns pontos da campanha do Lobo da Vila Manuel Sátiro:

Anúncios

Múltiplos Artilheiros

O Floresta não tem um goleador, mas sim três. Deysinho (7) e Flávio Torres (6), Renê (4) são responsáveis por 17 dos 32 gols do clube até aqui. O que corresponde a 53% dos tentos marcados. Outro destaque, é o lateral esquerdo Fábio Alves, principal cobrador de bola parada e maior garçom do elenco. Contra o América, o camisa 6 cruzou bonito para Deysinho, que de cabeça, abriu o placar.

Dificil de ser Derrotado

Em todo o torneio, foram apenas duas derrotas, sendo elas, ainda na fase de grupos. A primeira foi logo na estreia, diante do Afogados/PE. Depois de disso, foram 11 jogos sem perder, até encontrar o líder do grupo, América, que acabou quebrando essa sequência, na penúltima rodada. No mata-mata, nenhuma derrota. São 5 jogos, 3 vitórias e 2 empates. Atualmente, a nova sequência de invencibilidade dura 6 jogos.

Outra curiosidade, é que o Lobo ainda não perdeu por dois ou mais gol de diferença nesta competição. Vantagem essa que o América precisa para levar para os pênaltis, em caso de vitória potiguar por dois gols de vantagem ou de três ou mais gols para se classificar direto.

Poder de Reação

Como citado antes, uma das maiores virtudes desse time é o poder de reação. Esse elenco já mostrou isso algumas vezes, sendo a última, contra o Juventude Samas/MA, quando saiu perdendo por 2×0 no jogo de ida e conquistou no segundo tempo, o empate. Ainda na fase de grupos, diante do Atlético de Cajazeiras, o Verdão fazia uma partida fraca e quase saiu goleado, quando estava exposto e já perdendo por 2×0. Mas nos 10 minutos finais, o grupo acordou e ainda arrancou um grande empate, fora de casa.

Anúncios

Fator Casa

É bem verdade que vivemos um momento atípico, por conta da pandemia, onde o público nos estádios brasileiros está proibido. Mas em uma competição como a Série D, de viagens longas e grandes contrastes de estruturas, o time cearense conseguiu fazer valer o seu mando de campo. O clube está invicto em casa. Até aqui, foram 10 jogos, com 7 vitórias e 3 empates.

Visitante Indigesto

Pelos motivos citados no último tópico, jogar fora de casa nessa competição pode ser bem desafiador. Apesar de todas as dificuldades, o time de Leston Júnior tem tido um bom desempenho até aqui. Dos 9 jogos, foram 2 vitórias, 5 empates e 2 derrotas. Dois desses empates foram nas fases mais agudas da competição. Contra o Itabaiana, o 2×2 foi suficiente para assegurar a classificação na próxima fase. Já o difícil jogo contra o Juventude foi válido pelo duelo de ida. Resultado positivo que possibilitou a decisão da vaga na Arena Castelão.

O jogo do acesso acontecerá no próximo domingo (10), na Arena das Dunas, em Natal. As duas equipes entram em campo ás 16 horas.

Anúncios

Deixe uma resposta