Fernando Sobral se solidariza com Gerson, do Flamengo, por ato de racismo; Ceará também se manifesta

(Foto: Reprodução)

Nesse último domingo (20), além do Clássico-Rei, outro jogo da rodada foi Flamengo e Bahia. Embora, a partida tenha sido movimentada, com um placar final de 4 a 3, o que, infelizmente, chamou atenção, foi o ato de racismo sofrido por Gerson, do Flamengo, pelo jogador Ramirez, do Bahia. Segundo o camisa 8 rubro-negro, o colombiano teria dito “Cala a boca, negro”, em referência a cor do atleta.

Anúncios

Após o ocorrido, inúmeros jogadores do futebol brasileiro se manifestaram à respeito, dentre eles, Fernando Sobral, meia do Ceara. Através de uma rede social, o camisa 88 alvinegro postou o vídeo onde, ao lado de Cléber, faz a comemoração especifica de Gerson, o “Vapo”. Além disso, disse que “nada e nem ninguém” pararia o meia do Flamengo.

Reprodução/Instagram Fernando Sobral

Além de Sobral, o perfil do Ceará no Twitter se pronunciou sobre o caso.

Anúncios
Anúncios

Deixe uma resposta