Ferroviário Fortaleza

Morre o técnico Marcelo Veiga, ex-Fortaleza e Ferroviário, vítima da Covid-19

(Foto: Xandy Rodrigues/Ferroviário AC)

Ferroviário divulgou nota lamentando a morte do treinador

Morreu nesta segunda-feira, 14, o técnico Marcelo Veiga, aos 56 anos, vítima de complicações decorrentes da Covid-19. Ele estava internado na Santa Casa, em Bragança Paulista (SP) desde o dia 20.

A informação foi publicada pelo Globo Esporte (GE) e confirmada pelo hospital e pela assessoria de imprensa do treinador. O profissional tem passagem por Fortaleza e Ferroviário. Ele estava no comando do São Bernardo (SP), na Copa Paulista, antes de contrair a doença. Detalhes do velório e o enterro ainda não foram divulgados.

Além do Tricolor de Aço e Tubarão da Barra, Marcelo Veiga tem passagens como lateral-esquerdo por clubes como Santos (SP),  Internacional (RS), Goiás (GO), Bahia e Santo André, time pelo qual foi revelado em 1982. Na equipe Coral, o profissional desempenhou as duas funções.

Sua carreira como jogador chegou ao fim em 1999, quando passou a dedicar-se ao posto de treinador. Ele inicou na equipe do Matoense. Na carreira, o técnico tem como título o Campeonato Brasileiro de 2007, pelo Bragantino (hoje Red Bull Bragantino), além da Série D de 2015 pelo Botafogo de São Paulo.

O Ferroviário divulgou nota lamentando a morte do ex-treinador. Confira na íntegra

É com profunda tristeza que informamos sobre o falecimento do ex-técnico, ex-jogador e ídolo coral, Marcelo Veiga, nesta segunda-feira, dia 14 de dezembro.

Marcelo Veiga tinha 56 anos e não resistiu às complicações da Covid-19. Como atleta atuou na lateral-esquerda do Ferrão entre os anos de 1988 e 1989, sendo o autor do gol do título de Campeão Cearense de 1988. Em sua trajetória como técnico dirigiu o Tubarão da Barra em duas oportunidades, sendo a primeira delas em 2004 e a mais recente, em 2019, durante o Campeonato Brasileiro da Série C a Taça Fares Lopes do mesmo ano.

A Diretoria Executiva, Conselho Deliberativo, funcionários e colaboradores se solidarizam com a dor da família decretando o luto oficial por três dias. Prezamos para que Deus conforte o coração dos familiares e amigos neste momento.

Israel
Jornalista

Deixe uma resposta