Ceará

Recuperado da Covid, Vina revela: “ainda tenho sequelas”

Foto: Felipe Santos/CearaSC.com

Destaque e artilheiro do Ceará na temporada 2020, o meio-campista Vina, revelou na noite desta sexta-feira (4), em entrevista ao Esporte Interativo, que ainda sente as sequelas deixadas pela Covid-19.

Vina testou positivo para o novo coronavírus no início de Novembro. Além dele, o zagueiro Eduardo Brock também positivou para a doença. Entretanto, após a confirmação, a assessoria do Ceará informou que ambos atletas estavam assintomáticos e que cumpririam o prazo estabelecido pela CBF, que varia entre sete a dez dias. Vinicius, contudo, não ficou completamente intacto dos sintomas da Covid-19.

Anúncios

Dentre as sequelas citados pelo meia do Vovô, está a perda do paladar e do olfato. Contudo, o atleta destacou que o sistema respiratório foi o mais prejudicado, citando, principalmente, a fadiga que é gerada nos jogos que exigem muito do físico do jogador.

“Em relação a Covid-19, eu sou um jogador que até hoje, não vou mentir, ainda tenho as sequelas desse vírus. Eu ainda não sinto tanto o gosto, o cheiro, mas também o sistema respiratório, onde a fadiga existe mais rápido e a gente sabe que nós estamos em um esporte onde o nível de exigência física é muito alta, ainda mais jogo em cima de jogo.”

Anúncios

Mesmo com as sequelas do vírus, Vina está confirmado para a partida deste sábado (5), às 19h, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A, e deve iniciar entre os titulares mandados a campo por Guto Ferreira.

Anúncios

Deixe uma resposta