Ceará Fortaleza FUTEBOL FEMININO

Feminino: Trabalhos distintos, mas um objetivo em comum: Ceará e Fortaleza na luta pelo acesso

Equipes estão a um passo da Série A1

Neste domingo, 06, Ceará e Fortaleza começam o último passe rumo a um objetivo em comum: o acesso à Série A1 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino.

O Vovô encara o Botafogo, do Rio de Janeiro, enquanto o Leão enfrenta o Bahia. No primeiro duelo, a equipe cearense é a favorita enquanto no clássico nordestino quem tem favoritismo é o time baiano.

Anúncios

A decisão começa para o Fortaleza no próximo domingo, 6, às 15 horas, no estádio Raimundão, em Caucaia. Já o Ceará joga no dia 13 de dezembro, no estádio Nilton Santos às 15 horas.

Atual bicampeão cearense e com Sérgio Alves no comando desde o ano passado, as Meninas do Vozão quase conseguiram o acesso em 2019. Após boa campanha com Orlando Júnior no comando, o eterno ‘Carrasco’ assumiu a equipe para o duelo decisivo diante do Cruzeiro. Após duas derrotas, mesmo tendo grandes oportunidades de vencer em Belo Horizonte, o Ceará bateu na trave e não conquistou a vaga na elite.

Para 2020, com a base da equipe mantida e credenciadas após dois títulos estaduais, a diretoria alvinegra qualificou ainda mais o elenco e se fortaleceu como um dos favoritos ao acesso.

Na reta final da primeira fase, o Vovô se reforçou com algumas atletas e uma delas foi a centroavante Michele Carioca. Em apenas quatro jogos, a atleta marcou nove gols.

Com um projeto consolidado e em constante evolução, o acesso para a Série A1 é tratado como o grande objetivo do clube na temporada. O Vovô detém uma das melhores estruturas da modalidade seja no aspecto físico ou administrativo.

Anúncios

No lado tricolor, o técnico Igor Cearense conhece muito bem a modalidade. Com grandes trabalhos no Norte do país, o treinador chegou credenciado a fazer um bom planejamento e ajudar no início do projeto no Leão.

Mesmo sem um grande aporte financeiro, mas com todo suporte de Marcelo Paz e companhia, as Leoas chegaram as quartas de final diante do Bahia com méritos.

Com um sólido sistema defensivo com destaque para a goleira Mirian, o Tricolor aposta em confrontos equilibrados diante do Bahia para conquistar o acesso. Artilheira do time, Leidiane é outra grande esperança da equipe.

Caso conquiste o acesso, o Fortaleza estará pulando dois degraus de forma rápida no processo de fortalecimento da modalidade no clube. Apesar de ser um sonho desde o início, a diretoria sabia da dificuldade por ser a primeira competição nacional desde a retomada do projeto e por não ter um aporte financeiro tão grande como outras equipes. Caso a subida se concretize, o Tricolor tende a se consolidar como uma das forças da modalidade de forma rápida e eficiente.

Anúncios

Campanhas

CEARÁ:

• Líder do Grupo A

• Terceira melhor campanha no Geral – 13 pontos

• Cinco vitórias e dois empates

• 30 gols marcados e seis gols sofridos

• Artilheira: Michele Carioca com 9 gols

Ceará 5×0 Oratório

Tiradentes 1×3 Ceará

Ceará 2×0 Juventude Timonense

Ceará 2×2 ESMAC

Santos Dumont 1×11 Ceará

Sport 0x5 Ceará

Ceará 2×2 Sport

Anúncios

FORTALEZA:

• Segundo lugar do Grupo B

• Melhor segundo colocado – 12 pontos

• Cinco vitórias e duas derrotas

• 26 gols marcados e quatro gols sofridos

• Artilheira: Leidiane com 7 gols

Fortaleza 8×0 São Valério

Fortaleza 5×0 São Francisco

3B Sport 2×0 Fortaleza

Fortaleza 2×1 Real Ariquemes

Atlético Acreano 0x10 Fortaleza

Fluminense 1×0 Fortaleza

Fortaleza 1×0 Fluminense

Anúncios

Deixe uma resposta