Fortaleza

Tinga mira o Corinthians e usa partida contra o Goiás como exemplo para não repetir os mesmos erros

(Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

Tinga comenta sobre o próximo adversário do Leão do Pici

Vai ser uma guerra

O lateral-direito Tinga, titular do Fortaleza, concedeu entrevista coletiva, e já mira o próximo adversário do Leão no Campeonato Brasileiro. Para o atleta, a partida diante dos paulistas, que acontecerá nesta quarta-feira, 02, na Arena Castelão, não será fácil, apesar do momento vivido pelo oponente:

Anúncios

“Esse jogo vai ser muito difícil, sabemos da força do Corinthians. Claro que não estão passando por um bom momento, mas é o Corinthians. Sabemos da dificuldade que é jogar contra eles. Então é se dedicar ao máximo, acreditar cada dia mais, que amanhã vai ser uma luta, vai ser uma guerra. A gente precisa desses três pontos para alavancar de vez”

Jogos difíceis

Perguntado se o momento vivido pelo Corinthians ajudaria o Fortaleza, o lateral usou como exemplo a partida contra o Goiás, para mostrar que isso não trará facilidade ao Tricolor. Tinga ressaltou a importância de estar ligado nas partidas, devido a dificuldade nos jogos:

“A gente tem um exemplo, do jogo anterior nosso, contra o Goiás. Fizemos um jogo muito abaixo, no primeiro tempo, e depois, no segundo tempo a gente tentou jogar, e não conseguiu o resultado. A gente não pode menosprezar ninguém, tentar entrar mais calmo. A gente tem que sempre estar a 110 por hora, do começo ao fim, porque todos os jogos vão ser difíceis”.

Anúncios

Elenco focado na vitória

Antes de finalizar, Tinga disse que o elenco está querendo conquistar os três pontos. Além disso, o lateral disse o que é preciso ser feito para sair de campo com o resultado positivo:

“Todo mundo quer a vitória, os três pontos. Todo mundo sabe o que tem que fazer dentro de campo. Tem que se entregar, se doar ao máximo, do começo ao fim. Entrar mais ligado, mais concentrado. Com certeza, fazendo tudo isso e caprichar no último passe, cruzamento, finalização, que com certeza a gente vai conseguir o resultado positivo”, finalizou.

Guilherme de Andrade
Tenho 19 anos e curso jornalismo.
http://guilhermesport.wordpress.com

Deixe uma resposta