Ferroviário Série C

Após confirmar permanência na Série C, Ferroviário demite o técnico Marcelo Vilar

Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC

Ferrão já começou a pensar na temporada seguinte antes mesmo do fim da atual

Com a sonora goleada de 7×0 aplicada sobre a equipe do Imperatriz-MA, nesse último sábado (28), pela 17ª rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro Série C 2020, o Ferroviário, que começou a competição como um dos favoritos a conquistar a classificação para o mata-mata, teve, após sequência negativa de resultados, que se contentar com a permanência na terceira divisão. Com sua temporada basicamente já encerrada, o clube já começou a projetar a temporada de 2021.

Anúncios

Demissões

Na tarde desta segunda-feira (30), o Ferroviário anunciou que tomou a decisão de demitir o treinador Marcelo Vilar, juntamente com o diretor executivo Jurandi Júnior. De acordo com a apuração do GE, as demissões ocorreram após ambos desenvolverem conflitos internos com Newton Filho, presidente do Ferrão, e os três principais investidores do clube, que, durante a pandemia, continuaram com os pagamentos, que custeavam a folha salarial de R$ 170 mil do Tubarão da Barra. No confronto que fecha o calendário do Ferroviário, que será contra o Santa Cruz, válido pela 18ª rodada da fase de grupos do Brasileirão Série C 2020, no estádio do Arruda, neste sábado, às 17h, Totonho, auxiliar-técnico do clube coral, comandará a equipe.

Histórico

Esta era a quarta passagem de Marcelo Vilar pela equipe do Ferroviário. O treinador iniciou, em 2017, a campanha que deu o vice-campeonato cearense ao time coral. Já na terceira e mais recente, acumulou uma sequência de três títulos: Campeão Brasileiro da Série D e Campeão Estadual da Taça Fares Lopes em 2018 e Campeão da Taça dos Campeões Cearenses em 2019. Na temporada de 2020, Vilar chegou ao Ferrão ainda durante a paralisação do futebol, substituindo Anderson Batatais, que saiu do clube cearense para ser o auxiliar de Vagner Mancini no Atlético-GO e no Corinthians, e tinha a missão de conduzir o Tubarão da Barra rumo à final do Campeonato Cearense e ao acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu nenhum dos dois: o Ferroviário foi eliminado pelo Ceará na semifinal do estadual e apenas conseguiu a permanência na Série C nacional, após ter sido ameaçado de rebaixamento.

Anúncios

Deixe uma resposta