São Paulo não pedirá anulação da partida diante do Ceará, para não manchar um eventual título brasileiro

(Foto: Kely Pereira/AGIF)

Clube paulista decide não pedir anulação da partida

No confronto entre Ceará e São Paulo, que aconteceu na última quarta-feira, 25, na Arena Castelão, um lance gerou bastante polêmica. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães validou um gol irregular do time paulista, e após o reinicio do jogo, voltou atrás em sua decisão. Por isso, segundo alguns especialistas, o juiz cometeu um erro de direito. Dessa forma, foi levantada a possibilidade de anulação da partida.

Anúncios

Existia a expectativa de que o São Paulo entrasse com um pedido de anulação da partida, alegando “erro de direito”, cometido pelo árbitro da partida. Contudo, segundo o jornalista do grupo Globo, Paulo Vinícius Coelho, o clube paulista não irá fazer o pedido.

Segundo a direção são-paulina, um eventual título de campeão brasileiro poderia ser manchado pela anulação da partida, visto que o gol de Pablo realmente deveria ter sido anulado. Portanto, com a decisão do time paulista, o jogo permanecerá com o resultado de 1 a 1.

LEIA MAIS|CBF divulga nota oficial sobre a arbitragem de Ceará x São Paulo: “comunicação paralela prejudicou o diálogo entre o árbitro e VAR”

Anúncios

Deixe uma resposta