Ceará

Richard elogia goleiros do Ceará e diz que jogo pelo time Sub-23 foi “importantíssimo”

(Foto: reprodução/Vozão TV)

Richard foi titular diante do São Paulo

Felicidade em poder atuar

Na noite dessa quarta-feira, 25, Richard, goleiro do Ceará, voltou a atuar pelo time profissional do Vovô depois de um longo período fora, devido a uma grave lesão. Em coletiva de imprensa realizada nessa quinta-feira, 26, o arqueiro se mostrou feliz de ter entrado em campo, ainda mais por ter sido contra o time que o revelou:

Anúncios

“Muito feliz em estar retornando depois de um longo período de tratamento, período muito difícil. Só eu e minha família sabemos o que nós passamos nesse período, de não poder estar trabalhando realmente, só tratando. Eu fiquei muito feliz com a oportunidade, ainda contra um ex-clube, onde eu fui formado”.

Grandes goleiros

Perguntado sobre sua continuidade na titularidade do Vovô nos próximos jogos, Richard diz que todos os goleiros vem trabalhando firmes e fortes, e quem o Guto Ferreira, treinador da equipe, escolher para jogar, vai estar preparado para entrar em campo diante do Vasco:

“A gente vem trabalhando firme e forte, assim como o Prass, Diogo, todos. Acho que o Ceará tem grandes goleiros, e quem o Guto optar por jogar creio que vai estar preparado para jogar contra o Vasco”.

Anúncios

Ser mais constante

Richard reconhece a dificuldade de jogar no Rio de Janeiro, local da partida contra o Vasco, na próxima segunda-feira, 30. Além disso, o goleiro reconhece que o Ceará precisa ser mais constante durante os 90 minutos de jogo:

“A gente sabe da dificuldade que é jogar lá no Rio de Janeiro. Sabemos que a gente precisa melhorar, fazer um jogo mais constante nos 90 minutos. A gente está oscilando em algumas oportunidades, o professor tem cobrado isso de nós, e nós vamos melhorar, fazer um grande jogo e buscar o resultado positivo”.

Jogo pelo time Sub-23

Antes de receber uma nova oportunidade no time profissional do Vozão, Richard foi escalado para jogar no time Sub-23, pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Para o goleiro, esse processo feito pelo Ceará, com alguns jogadores do time profissional, que não vem recebendo tantas oportunidades é louvável:

“Esse é um processo importantíssimo que o Ceará adotou. Foi importante para mim ter ido jogar um jogo do Sub-23, para ganhar ritmo de jogo. Esse trabalho que o Ceará faz com os jogadores profissionais que não estão sendo convocados, indo jogar lá, depois retornando ao time profissional, é um trabalho louvável”, finalizou.

Anúncios
Guilherme de Andrade
Tenho 19 anos e curso jornalismo.
http://guilhermesport.wordpress.com

Deixe uma resposta