Ceará

Ceará empata com São Paulo e chega a sexto jogo sem vitória

Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Ceará novamente fez bom início de segundo tempo, mas o restante da partida foi controlada pelo tricolor paulista

O Ceará empatou em 1×1 com o São Paulo na noite desta quarta-feira, 25, na Arena Castelão, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o time alvinegro sobe provisoriamente para a 14ª colocação, enquanto o São Paulo permanece na 3ª posição.

Anúncios

O Jogo

A partida começou com amplo domínio da equipe visitante. O meia Gabriel Sara e o lateral Juanfran assustaram o gol, que hoje foi defendido por Richard, com bons chutes. Diante disso, o tricolor paulista abriu o placar aos 10 minutos, após escanteio cobrado por Reinaldo, o zagueiro Diego Costa aproveitou a falha do Ceará na marcação e testou para fazer o 1×0. O São Paulo continuou em cima, e obrigou o goleiro alvinegro a fazer duas boas defesas. Luan arriscou bom chute de fora da área, a bola desviou em Luiz Otávio e Richard teve que ótimo reflexo para evitar o segundo. Em seguida, Luciano apareceu para finalizar dentro da pequena área, mas o arqueiro do Vovô defendeu. Entre os 30 e 40 minutos o Ceará até tentou esboçar uma reação, e quase marcou com Vina e Lima, este último perdeu um gol cara a cara com Tiago Volpi.

Assim como nas partidas contra Palmeiras e Atlético Mineiro, o Ceará começou o segundo tempo com tudo e logo marcou. O time alvinegro aproveitou a falha na saída de bola do São Paulo, e, após cruzamento na área, Vina escora de cabeça e Leo Chú completou para marcar o 1×1. Dois minutos depois, a equipe de Guto Ferreira quase vira o jogo com Luiz Otávio, mas Volpi fez grande defesa. Após pressão inicial do time da casa, o São Paulo retomou o controle da partida, e chegou com perigo em muitas oportunidades. A principal foi com Vitor Bueno, aos 38 minutos, chutando para uma excepcional defesa de Richard, que salvou o Alvinegro de Porangabussu de novo.

Anúncios

Polêmica na arbitragem

Aos 12 minutos do segundo tempo, o São Paulo marcou o que seria o seu segundo gol na partida, com Pablo pegando o rebote de Richard. Porém, a arbitragem pegou impedimento do atacante são paulino no início da jogada, o que invalidaria o gol. É neste momento que o VAR entra em ação e confirma o gol do tricolor, alegando que o desvio no volante Fabinho, do Ceará, marcaria o início de uma nova jogada. Ainda assim, mesmo com o árbitro Wagner Magalhães apitando o reinício da partida, o árbitro de vídeo o chamou novamente e invalidou o gol do São Paulo. Pela primeira vez no campeonato o VAR voltou atrás na sua própria revisão.

Próximo jogo

Os comandados de Guto Ferreira entrarão em campo novamente na próxima segunda-feira, 30, diante do Vasco da Gama, no São Januário, 18 horas. A partida será de extrema importância para o alvinegro, pois os dois times são concorrentes diretos na briga na parte de baixo da tabela.

Anúncios

Deixe uma resposta