Fortaleza

Marlon destaca confiança do time para os próximos jogos do Brasileirão e elogia torcida do Fortaleza

(Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

Meia Marlon concedeu entrevista coletiva

Motivados e confiantes

O polivalente Marlon, do Fortaleza, lembra da partida contra o São Paulo, que acabaram sendo derrotados apesar da boa atuação, e diz que vão tirar lições dos jogos passados para voltar a vencer o mais rápido possível dentro do Brasileirão, e ressalta motivação do elenco para o jogo contra o Vasco, nesta quarta-feira, 19:

Anúncios

“Não viemos de um resultado positivo, no jogo passado contra o São Paulo, mas performance nossa foi muito boa, buscamos o empate até o final, infelizmente em um descuido a gente saiu derrotado. Mas já passou, vamos trazer de lições isso dos jogos passados para a gente retomar o quanto antes as vitórias. Temos oportunidade contra o Vasco já na quinta-feira para a gente ir em busca desses três pontos. Grupo totalmente motivado, confiante”.

Briga direta

Nas próximas rodadas, o Fortaleza enfrentará adversários diretos na briga para se livrar do rebaixamento. Com isso, Marlon disse que o grupo está consciente dos desafios que terão pela frente, e que apesar das dificuldades, vão em busca dos pontos:

“Brigas diretas nesses próximos quatro ou cinco jogos, se não me engano. Vão ser brigas bem diretas, ponto a ponto. Então o grupo está consciente disso, vamos entrar totalmente focados, totalmente dedicados para se Deus quiser conquistar pontos fora de casa. É difícil, Campeonato Brasileiro é difícil, mas vamos em busca desses pontos”.

Anúncios

Elogiou o novo comandante

Ainda sobre a troca de treinadores, pela qual o Fortaleza passou recentemente, Marlon fez questão de elogiar Marcelo Chamusca, novo técnico do clube, apesar do pouco tempo que passaram juntos, e disse que o grupo o abraçou muito bem:

“O Chamusca passou total confiança. É um cara que a gente ainda vai ter a oportunidade de ter uma sequência de trabalho, mas os quatro/cinco dias que já esteve com a gente, é um cara de um coração muito aberto. Um excelente profissional, não só ele, mas como a comissão técnica dele. Já está implantando aos poucos o método dele de trabalhar. E tenho certeza que o grupo abraçou ele, de uma maneira sensacional. Tenho certeza que vai dar certo”.

Apoio da torcida

Apesar das cobranças, Marlon destaca o apoio e a união vinda dos torcedores do Fortaleza, principalmente na troca de Rogério Ceni por Marcelo Chamusca:

“É um torcedor que cobra, mas que está junto sempre. Eu, particularmente, sei bem disso, três anos que estamos juntos aqui, conquistando, passando por momentos difíceis, e o torcedor cobrando, mas sempre juntos também, sempre unidos. Com essa troca (de técnico) recebi várias mensagens de torcedores dizendo que está junto da gente”.

Anúncios
Guilherme de Andrade
Tenho 19 anos e curso jornalismo.
http://guilhermesport.wordpress.com

Deixe uma resposta