Ceará COPA DO BRASIL

Palmeiras nega ter cogitado pedir adiamento de jogo diante do Ceará

Foto: Felipe Santos/cearasc.com

Clube paulista passa por surto de covid-19 e já chega a 15 jogadores infectados

Adversário do Ceará amanhã, pela Copa do Brasil, o Palmeiras vive seu pior momento durante a pandemia, do ponto de vista sanitário. Nesta terça-feira, o clube confirmou mais 7 casos positivos de covid-19. Tratam-se dos atletas Jailson, Vinicius, Kuscevic, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Pedro Acácio e Marino, totalizando 15 contaminados. Com os lesionados, o número de desfalques que Abel Ferreira terá chega a 19.

Anúncios

Pedido de adiamento

Com todas essas baixas, alguns veículos de imprensa chegaram a informar que o Alviverde solicitaria o adiamento da próxima partida do clube. Contudo, o Palmeiras declarou em seus perfis oficiais nas redes sociais, que a informação não procede e sequer foi cogitado tal possibilidade. Além disso, enfatizou que seguirá o protocolo vigente. Confira:

Caso semelhante, situação oposta

Há pouco menos de dois meses, o Flamengo passava por um surto, que em número totais, se compara com o caso palmeirense. Na época, o clube Rubro-Negro solicitou adiamento de uma partida pelo Campeonato Brasileiro. O adversário era justamente o Palmeiras, que fez jogo duro, não aceitou a solicitação do clube carioca e seguiu o protocolo.

Correndo risco de sofrer W.O. e ser punido em seguida, o Flamengo mandou à campo uma equipe forma por atletas da base e remanescentes do time principal que não foram acometidos pela covid-19. Em casa, o Verdão ficou apenas no empate, em 1 a 1, quando ainda era comandado por Vanderlei Luxemburgo.

Anúncios

Quem serão os substitutos?

Para cobrir as baixas, foram convocados sete atletas da categoria sub-20 do clube. São eles:

Goleiros: Leandro (19 anos) e Mateus (18 anos)
Zagueiro: Helder (19 anos)
Meias: Vitinho (18 anos), Juninho (18 anos)
Atacante: Marcelinho (17 anos), Aníbal (20 anos)

Vantagem é fundamental

O time paulista venceu o jogo de ida por 3 a 0. Para se classificar, o Vovô precisará vencer por três gols de diferença para levar a decisão da vaga para as penalidades ou vencer por no mínimo quatro gols de saldo.

Parecia improvável uma virada da equipe cearense, seja por motivos históricos das equipes ou pelo momento atual. Mas, com todo esse cenário, o confronto ganha uma imensa imprevisibilidade.

Ceará e Palmeiras vão à campo, amanhã (17), às 19 horas, na Arena Castelão, com transmissão do SporTV e Premiere para todo Brasil.

Anúncios

Deixe uma resposta