Fortaleza

Marcelo Chamusca, emocionado, revelou toda sua gratidão ao Fortaleza e comentou sobre contratações

(Foto: Karim Georges/Fortaleza EC

Marcelo Chamusca falou, oficialmente, como treinador do Fortaleza

Gratidão ao Fortaleza

Falando oficialmente pela primeira vez como novo treinador do Fortaleza, Marcelo Chamusca agradeceu as palavras ditas por Marcelo Paz. Além disso, o treinador, emocionado, revelou gratidão ao clube cearense, pela oportunidade que lhe foi dada no final de 2013:

Anúncios

“Primeiro queria agradecer as palavras do Marcelo, do presidente. E de fato, as minhas palavras nas redes sociais expressaram o meu sentimento quando recebi a primeira ligação do presidente. De fato o meu olho brilhou. Estou até um pouco emocionado, porque eu tenho uma gratidão muito grande ao Fortaleza, pela oportunidade que me foi dada no final de 2013”.

“Meu olho brilhou”

Chamusca elogiou bastante a estrutura e o momento vivido pelo Fortaleza, e revelou ter recebido propostas de outros grandes clubes, mas que apenas agora o seu “olho brilhou”:

“Receber a ligação de Marcelo, no momento que o Fortaleza faz um trabalho de excelência com crescimento gradativo, mas muito consistente, muito equilibrado financeiramente, com a estrutura excepcional, fiquei encantado com o que eu encontrei aqui. Encontro um clube com todas as condições possíveis e imagináveis para que um treinador possa realizar um grande trabalho. De fato meu olho brilhou. Recebi propostas de grandes clubes, e para ser sincero, o meu olho brilhou agora, meu coração sinalizou e me indicou o retorno para esse grande clube”.

Anúncios

Crescimento estrutural

Marcelo voltou a fazer elogios para a estrutura do Fortaleza, e comentou sobre a evolução do clube, tanto na parte estrutural, como na mentalidade do time cearense, desde a sua última passagem, em 2015, até 2020:

“O crescimento do clube foi fantástico, em todos os setores, isso é muito importante. Houve uma evolução estrutural fantástica, que dá toda condição do trabalho do treinador, houve uma mudança de mentalidade, que foi um dos motivos que me fizeram aceitar o desafio. A estrutura do clube é o facilitador para o trabalho do treinador. Isso é fundamental, você ter tranquilidade para pensar apenas nos aspectos táticos”.

Torcida apaixonada

Chamusca comentou sobre o que a torcida pode esperar dele, e disse que está ciente da cobrança que terá, mas fez elogios ao torcedor tricolor, que segundo ele, é “apaixonada” e da “apoio em todos os momentos”:

“Eu vou deixar minha vida aqui dentro desse clube. Vou trabalhar diuturnamente, e vou tentar assimilar, porque eu tô chegando hoje e amanhã tenho um jogo importantíssimo, de forma gradativa mas com muita intensidade. Eu já conheço esse clube, sei o tamanho do desfio e o tanto que vou ser cobrado, mas sei também o quanto essa torcida é apaixonada pelo clube. Ela abraça e da apoio em todos os momentos”

Contratações

E claro, o assunto “contratações”, não poderia faltar. O treinador se mostrou estar ciente da necessidade do clube em contratar alguns jogadores, devido ao curto elenco. Entretanto, Chamusca ressaltou que “ninguém vai sair desesperado” no mercado. Para ele, as contratações precisam ser pontuais:

“Já conversamos sim. Na verdade a gente entende que existe uma necessidade, é um elenco que não tem quantidade grande de atletas, em determinadas posições a gente está com o cobertor meio curto. Não adianta só contratar, as contratações serão pontuais, até porque dia 20 é logo ali, mas ninguém vai sair desesperado e contratar qualquer jogador”.

Anúncios
Guilherme de Andrade
Tenho 19 anos e curso jornalismo.
http://guilhermesport.wordpress.com

Deixe uma resposta