Fortaleza

Volante Felipe chega à marca de 200 jogos com a camisa do Fortaleza

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

No Leão desde o ano de 2015, volante alcançou marca pouco conquistada na história de 102 anos do Tricolor do Pici

Na noite desta última quarta-feira (11), o Fortaleza foi até Salvador para enfrentar a equipe do Bahia. O confronto atrasado, válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2020 e ocorrido na Arena Fonte Nova, terminou de forma negativa para o tricolor cearense, que fez uma péssima partida e foi derrotado pelo placar de 2×1. Esta é a terceira derrota consecutiva do Leão do Pici, que, antes disso, havia ficado doze jogos sem perder. É, também, a primeira derrota do clube sem Rogério Ceni.

Anúncios

Expressiva marca

Apesar da derrota, um dos jogadores em campo pelo Leão nesta noite terá algo para se orgulhar. Trata-se do volante Felipe, que, na partida contra o Bahia, chegou à expressiva marca de 200 jogos realizados com a camisa do Tricolor do Pici. No clube desde 2015, o atleta revelado pelo Maranguape sempre foi peça de destaque nos elencos do Fortaleza, sendo titular absoluto com oito dos nove técnicos do Leão nestes últimos cinco anos, principalmente sob o comando do ex-treinador do clube cearense, Rogério Ceni. O jogador é o primeiro a ter tal marca com a camisa do Fortaleza desde Erandir, em 2004.

Números do atleta

De acordo com dados divulgados pelo jornalista Luca Laprovitera, estes são, por ano, os números de Felipe:

  • 2015 – 5 jogos, marcando um gol;
  • 2016 – 42 jogos, marcando dois gols e dando seis assistências;
  • 2017 – 32 jogos, dando uma assistência;
  • 2018 – 42 jogos, marcando cinco gols e dando quatro assistências;
  • 2019 – 46 jogos, dando duas assistências;
  • 2020 – 32 jogos, marcando um gol (até então).

No quesito títulos, o volante é tricampeão do Campeonato Cearense (2016, 2019 e 2020), bicampeão da Taça dos Campeões Cearenses (2016 e 2017), campeão do Campeonato Brasileiro Série B (2018) e campeão da Copa do Nordeste (2019). Participou, ainda, de forma fundamental no histórico acesso à Série B, em 2017, após oito anos na terceira divisão e, também, na brilhante campanha na Série A, em 2019, que resultou na melhor colocação do Fortaleza na primeira divisão de pontos corridos e na classificação para a primeira competição internacional da história do Tricolor, a Copa Sul-Americana.

Anúncios

Deixe uma resposta