Fortaleza Mercado da Bola

Rogério Ceni deixa o Fortaleza para assumir o Flamengo

Foto: Divulgação/FortalezaEC

Com duas passagens, Ceni tinha mais de mil dias no Tricolor e quatro títulos, dois inéditos

Rogério Ceni não é mais técnico do Fortaleza e acertou com o Flamengo, que demitiu o catalão Domènec Torrent depois de uma derrota por 4×0 para o Atlético/MG no último domingo. O novo comandante se apresenta amanhã na gávea para assinar contrato e ser apresentado oficialmente.

Ceni estará no treino de apronto e na beira do campo na partida contra o São Paulo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, 11. Além de Rogério, o francês Charles Hembert, seu auxiliar, e o preparador físico Danilo Augusto, também embarcam para o Rio de Janeiro.

Anúncios

Veja também:
> Multa rescisória de Rogério Ceni no Fortaleza tem valor milionário
> De ‘burro’ a ‘ídolo’: os mil dias de Rogério Ceni a frente do Fortaleza
> Fazendo história! Ceni chega ao quarto título pelo Fortaleza em 150 jogos na beira do gramado

Situação do Fortaleza

Rogério deixa o Fortaleza na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro, na 20º rodada do certame. Foram 6 vitórias, 6 empates e 6 derrotas. Recém-eliminado na Copa do Brasil, Leão tem somente o Brasileirão para disputar até o fim da temporada. Faltam 20 jogos para o fim da elite nacional, já que o Fortaleza tem dois jogos a menos na competição. Em 2020, foi campeão do Campeonato Cearense.

Números de Ceni no tricolor

No Fortaleza, Ceni teve ao total 153 jogos, 81 vitórias, 33 empates, 39 derrotas e 60% de aproveitamento. Com ele no comando, Leão marcou 223 gols e sofreu 133, foi bicampeão cearense (2019 e 2020), campeão nacional da Série B em 2018 e da Copa do Nordeste em 2019, esses dois últimos, inéditos para o clube.

Declaração contraditória

Em 2019, Rogério deixou o Tricolor do Pici no meio do Brasileirão para assumir o Cruzeiro e retornou após o insucesso na equipe mineira. Há pouco mais de um mês, Ceni disse em entrevista que cumpriria o seu contrato com o Fortaleza, independentemente de qualquer situação.

“Hoje eu cumpriria meu contrato com o Fortaleza, independentemente de qualquer coisa. Ano passado tive uma experiência e eu achei que… Eu sempre falo que quando você muda de time no meio da temporada, não tem condições de reclamar quando te mandam embora, porque você tomou essa atitude antes. Apesar de ter cumprido o contrato (com o Fortaleza, em 2019), pago a multa rescisória, foi feito isso, então acho que não é que não foi cumprido. Você vai aprendendo com o tempo. O Muricy falou isso, que sempre cumpriu seus contratos, e eu pretendo finalizar a temporada no Fortaleza independente de proposta também. Pretendo finalizar a temporada e depois, como todos os outros anos, sentar, conversar”, declarou Ceni.

Anúncios

COMO FICA?

Agora, o Fortaleza se movimenta em busca de um novo treinador. O Leão enfrenta o Bahia em partida válida ainda pela 18ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O confronto havia sido adiado devido a participação da equipe cearense na Copa do Brasil.

3 Replies to “Rogério Ceni deixa o Fortaleza para assumir o Flamengo

Deixe uma resposta