Atlético Cearense Caucaia Ceará Floresta Fortaleza Guarany de Sobral

Clubes cearenses prestam solidariedade e apoio à jovem Mariana Ferrer

Fotos: Divulgação

Nas redes sociais, clubes do estado protestam contra decisão judicial no “caso Mari Ferrer”

Na tarde desta terça-feira (3), um caso judicial revoltou a população brasileira. A jovem Mariana Ferrer, de 23 anos, que foi, em 2018, vítima de violência sexual por parte de André Aranha, viu seu caso ser sentenciado como “estupro culposo” (como se não houvesse a intenção de estuprar) e seu agressor ser inocentado na frente de todo o Brasil.

Anúncios

Diante desta situação, os clubes cearenses saíram em defesa de Mari Ferrer nas redes sociais. Fazendo uso da #justiçapormariferrer, Fortaleza e Ceará protestaram contra este absurdo judicial. “A verdade tem que entrar em campo: NÃO EXISTE ESTUPRO CULPOSO”, publicou o perfil do Vovô. Já o perfil Leão compartilhou dados chocantes a respeito da violência contra a mulher, ressaltou a mesma frase usada pelo seu rival, que alega que estupro culposo não existe, e completou: “Por Mariana, por todas. Vocês jamais estarão sozinhas”. Por fim, o Tricolor do Pici destacou o número 180, pertencente à Central de Atendimento à Mulher, fazendo um apelo para que as mulheres vítimas de violência denunciem seus agressores.

Além deles, outros clubes cearenses posicionaram-se contra a decisão da justiça. O Atlético Cearense, o Caucaia, o Floresta e o Guarany de Sobral, em seus perfis oficiais, fizeram o mesmo de Ceará e Fortaleza e ressaltaram a inexistência da justificativa “estupro culposo” e a importância, para as mulheres, de se denunciar os seus agressores, ligando para o número 180.

Anúncios

O Portal Futebol Cearense posiciona-se totalmente contra esta decisão judicial absurda e presta total solidariedade à jovem Mariana Ferrer e às mulheres, que foram obrigadas a assistir de perto este crime ser, por hora, inocentado e que sofrem com misoginia e machismo diariamente. Estupro culposo não existe! Que os criminosos paguem pelas consequências de seus atos! Basta!

Anúncios

Deixe uma resposta