Ceará COPA DO BRASIL

Na Vila Belmiro, Ceará empata com o Santos pelas oitavas de final da Copa do Brasil

(Foto: Divulgação/Santos FC)

Decisão acontece na próxima quarta no Castelão

O Ceará empatou em 0 a 0 com o Santos (SP) na tarde desta quarta-feira, 28, em duelo válido pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2020. Com o resultado, Vovô precisa vencer para avançar na competição nacional. Em caso de novo empate, a vaga será decidida nos pênaltis. O confronto de volta acontece na próxima quarta-feira, 4, na Arena Castelão.

Anúncios

O jogo

Atuando em seus domínios, os donos de casa começaram a partida tomando iniciativa e criando as primeiras chances ofensivas. O Peixe mantinha a posse de bola e tentava encontrar espaços na defesa do alvinegro cearense, que apostava nos contra-ataques para tentar surpreender.

Entretanto, uma das melhores chances dos primeiros minutos foi do Vovô. Aos 14 minutos, Léo Chu recebeu ótimo passe na área adversária, mas acabou finalizando para fora e desperdiçando. No lance seguinte, o Santos respondeu com jogada ensaiada para Jobson cabecear com perigo.

Anúncios

O panorama da partida seguiu o mesmo, com o time paulista dominando as jogadas no ataque alvinegro, embora sem efetividade. O clube cearense sentia dificuldades de encaixar um contra-ataque para abrir o marcador.

Aos 29 minutos, Soteldo recebeu entre três marcadores, fez ótima jogada individual e mandou para o gol, mas Prass defendeu. No rebote, Lucas Braga cabeceou por cima da meta cearense. O Ceará respondeu com Vina, aos 36. O jogador aproveitou a sobra na entrada da área e bateu com perigo para o gol adversário. João Paulo fez ótima defesa e evitou o gol do Vovô.

A situação do Time do Povo ficou favorável na partida quando o Peixe teve o zagueiro Lucas Veríssimo expulso após falta em Rafel Sobis. Inicialmente o árbitro deu apenas amarelo, mas após análise no VAR o cartão vermelho foi confirmado.

Anúncios

Na volta do intervalo, o Ceará teve grande chance logo nos primeiros minutos. Léo Chú aproveitou erro do adversário na saída de bola, finalizou com força, mas a bola acabou saindo para fora. O Peixe respondeu nos instantes seguintes com Marinho, após sobra de um cruzamento, mas Prass fez grande defesa evitando o gol. Os donos ainda chegaram com perigo de novo com Soteldo aos 9, mas Fernando novamente defendeu.

O Ceará seguiu melhor, mais organizado na partida e passou a dominar a jogadas ofensivas. Aos 20, o clube quase abriu o placar com Rafael Sobis, que tabelou com Vina, mas foi travado por João Paulo na pequena área. Aos 23, Rick teve nova oportunidade na cara do gol, mas acabou mandando por cima. Em nova jogada, Rick chegou a abrir o placar, mas o tento foi anulado pelo jogador ter ajeitado a bola com a mão no lance.

Anúncios

Já no apagar das luzes, o Santos teve uma última chance com Marinho, mas Prass fez ótima defesa salvando o Ceará e mantendo o empate na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

Santos (SP) x Ceará

Copa do Brasil – Oitavas de final (ida)

Estádio Vila Belmiro – 28 de outubro 2020 – 16 horas

Escalação (Santos): João Paulo, Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres, Felipe Jonatan; Jobson (Sandry), Diego Pituca, Jean Mota (Luiz Felipe), Lucas Braga (Tailson), Marinho e Soteldo (Arthur Gomes)

Técnico: Cuca

Escalação (Ceará): Fernando Prass, Eduardo, Tiago, Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Fabinho, Charles (Lima), Vinicius, Fernando Sobral (Wescley), Léo Chu (Rick) e Rafael Sobis (Mateus Gonçalves).

Técnico: Guto Ferreira

Cartões amarelos: Charles, Guto Ferreira, Léo Chú, Fabinho, Rick (Ceará); Jean Mota, Marinho, Tailson, Luiz Felipe, Madson (Santos)

Cartões vermelhos: Lucas Veríssimo (Santos)

Gols:

Arbitragem

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Árbitro Assistente 1: Carlos Henrique Alves de Lima Filho
Árbitro Assistente 2: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha
Quarto Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Analista de Campo: Phillippe Lombard
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sa
Assistente de Árbitro de Vídeo 1 – Alexandre Vargas Tavares de Jesus
Assistente de Árbitro de Vídeo 2 – Silbert Faria Sisquim
Observador de VAR: Márcio Eustáquio Sousa Santiago

Israel
Jornalista

Deixe uma resposta