Fortaleza

David enaltece o elenco do Fortaleza e afirma: “Podemos ganhar de qualquer time da Série A”

Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC

O atacante David, vinha de momentos conturbados no Fortaleza, entretanto nos últimos dois jogos, marcou dois gols. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 16, o atleta comentou sobre seu jejum de gols, e o quanto isso o incomodava:

“Me incomodou muito, mas eu estava bastante tranquilo com relação a isso, pois sabia que o que valia era o empenho do time, e eu estava ajudando, mas lógico que faltava o gol. Sempre tive o apoio do Rogério, que sempre me deixou bastante tranquilo e dos meus companheiros. Então graças a Deus pude marcar e tirar um pouco desse peso.”

Anúncios

David fez uma autoavaliação de seu atual momento e exaltou seu desempenho:

“Eu sei que posso melhorar bastante e sei que tenho que melhorar, mas com relação ao desempenho coletivo eu vejo que melhorei bastante, eu já ajudo muito mais na marcação, já cumpro muito mais a função tática do time. Não me vejo em um bom momento, mas em um momento que estou aprendendo com essa formação que jogamos. Me sinto feliz pelo momento do time e pelo meu momento fazendo gols, que eu possa dar continuidade nisso.”

O camisa 17 do Leão já se demonstrou focado no próximo adversário do tricolor, que será o Palmeiras; além de falar sobre a ‘vantagem’ que sua equipe terá, tendo em vista que o clube paulista mudou de técnico recentemente:

“Temos que aproveitar esse momento que eles vivem, a gente que é difícil quando um técnico sai, a pressão em cima do jogador aumenta mais ainda, então eles estão pressionados com isso e temos que aproveitar. Jogar da mesma forma que sempre jogamos, sempre buscando o jogo e indo em busca da vitória, pois já provamos que podemos ganhar de qualquer time da Série A.”

Anúncios

O atacante finaliza a entrevista destacando o time e falando da importância do ataque veloz que tricolor possui:

“Temos um time rápido, com atacantes bastante velozes, além de uma grande posse de bola, sabemos a hora certa de atacar e de ‘respirar’ durante a partida. Um esquema que favorece muito a mim, pois quando a bola chega no ataque temos jogadores bastante velozes, com fortes jogadas individuais, que sempre proporcionam uma boa posição para finalizar.”

Anúncios

Deixe uma resposta