‘Nosso grupo é uma família’, diz Tinga sobre o elenco do Fortaleza

(Foto: Bruno Oliveira/FortalezaEC)

Tinga foi titular contra o Atlético Mineiro

Nessa sexta-feira, 09, dia anterior ao jogo contra o Coritiba, o lateral-dereito Tinga, concedeu entrevista coletiva. O atleta comentou sobre a luta, e o sentimento que os jogadores sentiram após vencer o Atlético Mineiro:

Anúncios

“A gente fica muito feliz, né. A gente sabe o quanto a gente batalhou, lutou, para conseguir essa vitória. Acho que foi a vitória do grupo, e do merecimento, porque a gente mereceu desde o início, mesmo com a nossa formação de defender mais e sair nos contra-ataques, mas a gente teve as melhores oportunidades”.

Contra o Atlético Mineiro, Tinga e Gabriel Dias atuaram juntos pelo lado direito da equipe. Um atuou como lateral, e o outro em uma posição mais a frente, como um “ponta-direita”. Tinga comentou sobre a parceria que vem tendo com seu companheiro:

“A gente já está vindo de vários jogos juntos, eu e o Gabriel, e ontem foi um pouco diferente, porque o Rogério me colocou na linha da frente. Mas eu já tinha jogado em outros times, então a gente tá tranquilo. Eu e o Gabriel, a gente faz uma boa dobradinha ali. Um ajuda o outro, por isso as coisas estão dando certo”.

Anúncios

Tinga ressaltou a união do grupo de jogadores do Fortaleza, e comentou também sobre o tamanho do elenco, que segundo ele é curto, mas que, qualquer um atleta ali presente pode dar conta do recado quando for utilizado:

“Com certeza. Mesmo sendo um grupo pequeno, um grupo onde tem 26/27 jogadores, mas é um grupo intenso, onde qualquer um que entrar pode dar conta do recado. Então não tem 11 titulares, tem 26/27 titulares que podem entrar e decidir. Então a gente tá muito feliz. Acho que o nosso grupo é uma família. Todo mundo gosta um do outro e respeita, torce um pelo outro.”.

Já pensando no próximo adversário, Tinga não acha que terá vida fácil. Para o atleta, a partida diante do Coritiba, neste sábado, às 19H, na casa do adversário, será mais difícil do que o jogo da última rodada, onde a equipe cearense derrotou o líder da competição:

“Vai ser mais difícil que esse, com certeza. Porque eles vão vir com tanta vontade quanto o Atlético. E a gente vai com mais vontade ainda, porque a gente precisa dos três pontos, não adianta a gente vencer o Atlético aqui e perder lá, são os mesmos três pontos. Então a gente vai fazer de tudo para conseguir”, finalizou o atleta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s