“O estádio era para estar vazio”, diz Réver após derrota do Atlético para o Fortaleza no Castelão

(Foto: edro Souza/Atlético MG)

Tricolor de Aço venceu por 2 a 1

Após o apito final na partida em que o Atlético (MG) foi derrotado para o Fortaleza na noite desta quarta-feira, 7, o zagueiro atleticano Réver comentou sobre uma possível presença de pessoas além do permitido por parte do clube cearense nas arquibancadas da Arena Castelão.

Anúncios

“O estádio era para estar vazio, mas a gente vê que na maioria das vezes está cheio, tem uma certa pressão. O espetáculo foi bonito. Mesmo com algumas dificuldades, temos que parabenizar a equipe do Fortaleza, bem treinada, conseguiu uma bela vitória. Agora é focar no próximo jogo, em casa, que a gente possa vencer”, disse o jogador.

Curiosamente, o atleta da agremiação mineira não foi o primeiro a reclamar de que o Fortaleza estaria jogando com torcida no estádio, o que é proibido por protocolo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por conta da pandemia da Covid-19.

Anúncios

O vice-presidente de futebol do Internacional (RS), Alessandro Barcelos, não poupou críticas à arbitragem e ao Fortaleza ao fim da partida em que o Colorado saiu derrotado por 1 a 0. Conforme o dirigente, o Tricolor de Aço contou com apoio de aproximadamente 80 pessoas nas arquibancadas da Arena Castelão.

“Não jogamos bem e perdemos. Aliás, infelizmente a arbitragem hoje foi ruim, para não dizer mais. O pênalti foi pênalti, no mínimo igual ao pênalti do Rodinei, a arbitragem foi ao VAR e tomou uma pressão aqui. Um jogo sem coordenação maior da CBF. Tinha mais de 80 pessoas nas arquibancadas do Ceará e isso é inadmissível”, disse em entrevista após a partida. Na época, o Leão do Pici lançou nota informando que os presentes no estádio estavam no local a trabalho.

Anúncios

O Leão do Pici triunfou com gols de David, que voltou a marcar após 20 partidas, e de Bruno Melo, que veio do banco de reservas após a saída de Carlinhos. Com o resultado, o clube cearense assumiu a nona colocação na tabela de classificação da competição nacional com 20 pontos.

“A gente poderia sair com um resultado melhor. Não entendemos bem o segundo tempo, com um homem a mais. Acabamos perdendo. Agora é pensar no jogo de sábado, em busca da vitória”, finalizou o Réver em entrevista após o jogo.

O Fortaleza volta a campo pela competição nacional no sábado, 10, a partir das 19 horas, no estádio Couto Pereira, no Paraná (PR).

Anúncios

3 comentários sobre ““O estádio era para estar vazio”, diz Réver após derrota do Atlético para o Fortaleza no Castelão

  1. Algumas palavras; impressionante, maravilhoso, extraordinário, incrível, fabuloso , são adjetivos para essa aula de futebol que o time do Fortaleza apresentou contra o Atlético Mineiro.
    Que outras equipes possam , em alguns momentos do campeonato , fazer apresentações com tanta inteligência e dedicação como foi a do time de Rogério Ceni nesta partida.
    Parabéns.

    Curtir

  2. Era pra estar vazio ? Isso não é desculpa, ou estão achando que vão ganhar todas ? Meu flamengo perdeu de 2×0 para o Ceará e não viu a cor da bola, futebol é assim.
    Deixa de mimimi e vai jogar Rever !!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s