Tinga é vítima de racismo pós-Clássico; entenda

Foto: Pedro Chaves/FCF

Na noite da última quarta-feira (30), Ceará e Fortaleza se enfrentaram, na Arena Castelão, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Cearense 2020. Com gols de Bruno Melo e Tinga, o Leão venceu o Vovô por 2 a 1 e ampliou a vantagem que já tinha para a partida da volta, que acontece no próximo dia 21 de outubro. Rafael Sóbis marcou o único tento alvinegro no confronto.

LEIA MAIS | Fortaleza vence o Ceará e amplia vantagem na final

Contudo, o episódio pós-Clássico ficou marcado por um ato de racismo contra o lateral-direito Tinga, do Fortaleza, autor do gol da vitória aos 46 minutos do 2° tempo.

Em uma postagem feita pela fotógrafa Kely Pereira, onde mostra o lateral comemorando o tento marcado contra o Ceará, um internauta comentou vários emojis de macaco. Após a repercussão nas redes sociais, o comentário foi apagado.

Confira a publicação da Kely Pereira e o comentário:

Foto: Reprodução

Com a repercussão do comentário feito na postagem da fotógrafa Kely Preira, o usuário que comentou os emojis de macaco pediu desculpa e afirmou “estou de coração partido”.

Foto: Reprodução

Ainda durante a madrugada desta quinta-feira (1), Kely se pronunciou em seu Instagram por meio de uma nota de repúdio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s