‘Ninguém poupa ninguém na final’, diz Felipe Alves sobre usar ou não força máxima na decisão do Cearense

(Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

Goleiro fará sua segunda final de Campeonato Cearense

Nesta terça-feira, 29, dia que antecede o primeiro jogo da final do Campeonato Cearense, goleiro titular do Fortaleza, Felipe Alves, conversou com a imprensa, e falou sobre a decisão desta quarta-feira, 30. Mas antes, o atleta explicou o motivo da bola estar passando menos pelos seus pés, nessas últimas partidas:

Anúncios

“Eu acho que o fato de estar participando menos, é muito por conta dos adversários. Quando você enfrenta equipes que não pressionam o goleiro, não pressionam a saída de bola, a tendência é a bola ficar do meio para a frente, como tem acontecido. A gente teve que se adaptar a maneira como os adversários vinham nos enfrentando”.

Após a paralisação do futebol, Fortaleza e Ceará se enfrentaram duas vezes, e em ambos os jogos, o Leão do Pici saiu derrotado. Com isso, os questionamentos sobre uma possível mudança de esquema tático foram levantados em peso pela torcida. Porém, para o arqueiro, sua equipe não tem porque mudar o padrão de jogo:

“Acho que não tem porque a gente mudar, né. Como eu disse, a gente tem um padrão, não é porque perdeu as duas últimas que a gente tem que mudar. A gente sabe que o Ceará não vai mudar a forma de jogar contra a gente. Provavelmente vão jogar por uma bola parada, esperando do meio para trás, para nos contra atacar, então é ter paciência. A gente tem a vantagem dos resultados iguais, mas a gente jamais joga para empatar. O time do Rogério é feito para buscar a vitória o tempo todo. É um jogo de inteligência”.

Anúncios

Outro questionamento levantado por parte dos torcedores, foi se os clubes deveriam priorizar o Brasileirão, e com isso, não usar força máxima na final desta quarta-feira. O camisa 12 também se mostrou contra à não utilização do que tiver de melhor para a partida:

“Acho que ninguém poupa ninguém na final, muito pelo contrário, você luta o campeonato inteiro para chegar nas finais, para poder usar o melhor que você tem. Se tem um jogo que não é para poupar ninguém, é numa final de campeonato. Pelo menos é assim que eu vejo”, finalizou Felipe Alves.

Anúncios

Deixe uma resposta