Por onde andam os principais jogadores do tão sonhado acesso do Fortaleza à Série B em 2017?

Foto: Pedro Chaves/Federação Cearense de Futebol

Há três anos, o Leão do Pici conquistava o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro diante do Tupi-MG

23 de setembro de 2017 é, sem dúvidas, um dos dias mais importantes da história centenária do Fortaleza Esporte Clube. Após anos de luta e sofrimento, o Leão do Pici finalmente conseguiu o tão sonhado acesso à Série B do Campeonato Brasileiro após uma derrota por 1 a 0 para o Tupi, em Juiz de Fora-MG.

Vindo de sete anos de decepções para a torcida tricolor, o clube teve um início de ano turbulento. Ainda no primeiro semestre de 2017, o Fortaleza foi eliminado nas semifinais do estadual, na 1ª fase da Copa do Brasil e na fase de grupos da Copa do Nordeste. Com isso, restava apenas uma competição: a teimosa Série C.

Famoso por ter ótimas campanhas na fase de pontos corridos do torneio e por fracassar no ‘mata-mata’, em 2017 o Tricolor enfrentou dificuldades ainda no início da competição. Tendo Paulo Bonamigo como técnico, o time estreou sendo derrotado pelo Remo por 1 a 0. Com campanha irregular, o treinador foi demitido faltando três jogos para o fim da primeira fase da Série C.

Anúncios

A diretoria do clube agiu rápido e trouxe Antônio Carlos Zago, que havia eliminado o Fortaleza na Série C de 2016 e que elogiou bastante a torcida tricolor na ocasião. Com o técnico gaúcho, o Leão se classificou na 3ª posição do Grupo A após uma vitória heroica sobre o Moto Club com gol de Ronny e grande atuação do goleiro Marcelo Boeck.

No temido ‘mata-mata’, o time iria enfrentar o Tupi, segundo colocado do Grupo B. No primeiro jogo, realizado na Arena Castelão, o Leão triunfou por 2 a 0 com gols de Leandro Lima e Bruno Melo. Essa foi a primeira vitória na fase final do Fortaleza em todos os anos de Série C.

Diferente dos anos anteriores, dessa vez a decisão seria fora de casa. Sendo acompanhado de sua torcida no Estádio Mário Helênio, o Fortaleza foi derrotado por 1 a 0, mas conseguiu o tão sonhado acesso à Série B para o alívio do torcedor leonino.

Confira onde os principais jogadores do Leão do Pici em 2017 atuam hoje em dia:

Marcelo Boeck – permanece no clube

Edimar – América-RN

Adalberto – Vila Nova

Ligger – Red Bull Bragantino

Rodrigo Mancha – Araucária-PR

Bruno Melo – permanece no clube

Felipe – permanece no clube

Anúncios

Ronny – Sem clube

Anderson Uchôa – Paysandu

Leandro Lima – sem clube

Everton – Maranguape

Pablo – sem clube

Lúcio Flávio – Sem clube

Hiago – ABC

– Sem clube

Leandro Cearense – ASA

Paulo Sérgio – CSA

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: